Em cima da hora:
Reunião no TRT termina sem acordo e greve de ônibus entra no 3º dia
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds

Municípios

todas as notíciasseta


Beneficiado com indulto é preso novamente

O homem é acusado de invadir casa de magistrada no feriado


13/09/2012 às 04:30h

 

Sidney Silva Ramos, 35 anos, acusado de arrombar à residência da juíza Janaína Medeiros Braga, da Comarca de Cachoeira, durante o feriado prolongado de 7 de Setembro, foi preso, na tarde de segunda-feira (10), na Praça Jardim Grande, por investigadores da Delegacia Territorial (DT/Cachoeira).

 

Ao titular da DT/Cachoeira, delegado André Oliveira Alves, o ladrão disse ter percebido que o imóvel estava desocupado, em razão de uma viagem feita pela magistrada e sua família durante o feriado. Aproveitando-se disso, pulou o muro que cerca o quintal e, utilizando um paralelepípedo, arrombou a porta dos fundos da residência.

 
Ao retornar para casa, na segunda-feira (10), a magistrada constatou o arrombamento e a falta de um faqueiro de 128 peças. Ela procurou a delegacia local e os investigadores iniciaram as buscas ao criminoso. Ao ser preso, Sidney confessou ter vendido o faqueiro ao taxista Valmir Andrade Ferreira, 49 anos, que também foi preso.


Sidney, que responde a doze processos por arrombamento em Cachoeira e São Felix, cumpre pena na Colônia Penal Lafayete Coutinho por roubo e estava solto beneficiado com indulto de 7 de Setembro.

 

Autuado por furto, ele está custodiado na carceragem da DT /Cachoeira, à disposição da Justiça. Autuado por receptação, Valdir foi solto depois de pagar fiança e responderá ao processo em liberdade. 

FONTE: Assessoria/Polícia Civil
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Homem troca tiros com PMs dentro de hotel em Feira
Publicidade
de olho nos famosos
Seção MMA
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia