Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 3,215
Euro:   R$ 3,934
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Lutas e Artes marciais

todas as notíciasseta


Geral Fight debate capoeira em programa especial

Programa estreou Júpiter Filho como comentarista do Geral Fight


12/01/2018 às 05:59h

Geral Fight debate capoeira em programa especial
Crédito: Divulgação

Na ultima quinta-feira (11) o programa Geral Fight recebeu o personal trainer Elias Silva, que contou um pouco da história e experiência dentro da capoeira. Além do convidado o programa também contou com a estréia do professor de educação física e atleta, Júpiter Filho como comentarista do Geral Fight.


Através do conhecimento dentro do jiu-jítsu e em outras modalidades de luta, Júpiter Filho chega para somar com os apresentadores Sidnei Campos e Jéssica Silva, a fim de deixar os atletas e internautas que acompanham o programa sempre bem informados de tudo que acontecem no mundo da luta.


“Sempre gostei de novos desafios e fazer parte de um programa tão importante para as artes marciais feirenses como é o Geral Fight é com certeza uma grande honra. Espero poder somar para o desenvolvimento não só do programa como também da própria arte marcial em nosso município. Vamos estar trazendo um pouco da nossa experiência principalmente dentro do jiu-jitsu modalidade esta que vivo 24 horas por dia”, disse Júpiter Filho.


Júpiter ainda ressaltou a grande importância que o Geral Fight para a valorização dos atletas e academias quanto para o fomento das artes marciais no interior do estado. “Com certeza absoluta o programa Geral Fight, hoje é o principal canal de ligação entre a mídia e os atletas. Aonde atletas, professores e o próprio público que acompanha o mundo da luta podem debater sobre os diversos assuntos relevantes as artes marciais assim como interagir também”.


Já o convidado Elias Silva trouxe um pouco da sua experiência dentro da capoeira. “A capoeira tem uma importância muito grande para minha vida tanto pessoal quanto profissional, eu vejo a capoeira como uma ferramenta importantíssima para vida de muitos jovens, crianças e adolescentes. Eu sou um exemplo de como esse esporte transformou a minha vida. Eu nasci em Salvador, fui criado em um bairro periférico, ali tive o prazer de conhecer a capoeira através de um projeto social chamado “Capoerê” ministrado pelo mestre Nenel Filho, de mestre Bimba. Nesse período conheci tudo sobre a capoeira, relação cultural, social e histórica. Hoje tento passar um pouco de tudo que aprendi para as outras pessoas de uma forma gratuita oportunizando jovens, crianças e adolescente a ter essa mesma experiência que tive”, relatou.


Elias ainda contou a respeito da quebra do preconceito por parte de algumas pessoas com relação a capoeira. “A capoeira por muito tempo foi vista de uma forma errônea, mas com o passar do tempo e também através dos esforços de todos que tem um papel significante dentro deste conceito cultural fizeram com que a capoeira passasse a ser vista da forma que ela realmente é. A capoeira pode ser considerada uma dança, uma luta, uma arte ou um movimento histórico ela não se fecha em um determinado contexto, e por conta disso o aspecto social acaba sendo muito forte. Pois, a capoeira ela não é excludente pelo contrario ela é bastante interativa e participativa”, finalizou.


O coordenador do Portal Folha do Estado, que também tem uma editoria especial direcionada para a divulgação das artes marciais em Feira e região, o jornalista Hamurabi Dias deu sua parcela de contribuição na discussão sobre o crescimento das artes marciais em todo mundo. “Eu acredito que a profissionalização e a participação direta da mídia na valorização das artes marciais, assim como o envolvimento não só dos adultos, mas como das crianças tem feito sim a diferença para que as artes marciais seja bem difundida em todo mundo. A questão também da disciplina que envolve as artes marciais tem sido um diferencial na busca que alunos, mestres e pais que tem de melhorar tanto os atletas quantos aqueles que buscam através das artes marciais uma filosofia de vida. Com isso a mídia passou a abraçar esse segmento um grande exemplo é a transmissão de alguns eventos através da TV aberta, isso com certeza vai influenciando outras pessoas e colaborando com esse avanço”, acrescentou.  

FONTE: Da Redação
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Confira entrevista com a cantora Vina Calmon
Publicidade
Bruno Best Travel
Bruno Best Travel
PMFS Matricula
Vilage Marcas e Patentes
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas