Ponto e Vírgula 13/04/2023

Ponto e Vírgula 13/04/2023

Sobe - Medidas preventivas dos governos Estadual e Municipal contra os boatos de terrorismo nas escolas.

Desce - Faculdades particulares investigadas por cometerem fraudes no FIES, programa de Financiamento Estudantil.

Começou, começou

Ao ser perguntado ontem (12), no restaurante da Assembleia Legislativa, pelo jornalista Jair Onofre, se o partido vai lançá-lo candidato à Prefeito de Feira de Santana, no próximo pleito, o deputado José de Arimatéia (Republicanos), foi enfático, "sim, o partido terá, e eu serei o candidato". Enfim, eleição 2024 em Feira, já começou, como também, em Salvador, e daí por diante. Não adianta político se fazer de "morto", para um fato real.

Visita

Um grupo de empresários, representando vários ramos do comércio de Feira de Santana, fez uma visita de cortesia à presidente da Câmara Municipal, vereadora Eremita Mota de Araújo (PSDB), ontem (12). Eles foram recebidos na sala da presidência e conversaram sobre propostas para o setor. O fato de uma mulher assumir, pela primeira vez, a presidência do Legislativo da segunda maior cidade da Bahia foi destacado pelos visitantes.

Proteção

A volta da presença de vigilantes nas escolas pode funcionar como um reforço à proteção dos estudantes feirenses. A medida é uma sugestão do vereador Lulinha (União Brasil), que em discurso, na Tribuna da Casa da Cidadania, cobrou o retorno do serviço no âmbito do município de Feira de Santana. O parlamentar lembra que na gestão do ex-prefeito Tarcízio Pimenta a medida funcionava satisfatoriamente e em razão disso já manteve uma conversa com a secretária Municipal de Educação, Anaci Paim, visando convencê-la a analisar a adoção da iniciativa.

Carta

Médicos que atuam para as unidades de saúde da Prefeitura de Feira de Santana através da terceirização de mão-de-obra lançaram esta semana uma carta aberta à sociedade. De acordo com o vereador Professor Ivamberg (PT), em pronunciamento ontem (12), na Câmara, os profissionais estão reclamando, no documento, de três meses de atraso no pagamento do salário, além de vários outros problemas. Eles acusam as empresas SM e Imaps, contratadas pelo Município, com as quais se encontram vinculados. Existe, segundo o vereador, ameaça de paralisação do atendimento ao público, caso a questão não seja solucionada nos próximos dias. A carta, que chega à Câmara, também foi encaminhada ao Poder Executivo e Conselho de Medicina.

Ocupação

O governador Jerônimo Rodrigues (PT), que está em missão oficial, na China, falou sobre a possibilidade de instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) para investigar as ocupações de terra na Bahia. Proposta pelo deputado estadual Leandro de Jesus (PL), o requerimento de criação da CPI já possui as assinaturas necessárias para a instalação da Comissão. O documento já foi protocolado na Presidência da Assembleia e aguarda parecer da Procuradoria Jurídica.

Bate-boca

A audiência com o ministro da Justiça, Flávio Dino (PSB), na terça (11), foi marcada por bate-boca e empurrões, na Comissão de Segurança e Justiça da Câmara dos Deputados. Nas discussões, estiveram bolsonaristas e governistas. Éder Mauro (PL-PA), Gilvan da Federa (PL-ES) e Junio Amaral (PL-MG) protagonizaram alguns momentos, assim como Orlando Silva (PC do B-SP), Duarte (PSB-MA) e Gervásio Maia (PSB-PB). A confusão começou após Amaral mencionar um bate-boca anterior que havia acontecido na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), e criticou a atual base do governo, afirmando que agia como "thutchuca contra organizações criminosas e tigrão contra manifestantes do 8 de janeiro". Depois, o deputado Duarte (PSB-MA) acusou a deputada Carla Zambelli (PL-SP) de xingá-lo enquanto os microfones estavam desligados.

100 dias

Um levantamento do Google Trends feito durante os 100 primeiros dias do governo Lula (PT) mostra que Fernando Haddad (PT), ministro da Fazenda, foi o que mais despertou interesse dos usuários da plataforma. Haddad tem 32% das buscas, e é seguido por Flávio Dino (Justiça), com 28%, Geraldo Alckmin (Desenvolvimento e Indústria), 14%, Marina Silva (Meio Ambiente), 13%, e Simone Tebet (Planejamento e Orçamento), 12%.

Perseguição

Líderes da bancada evangélica no Congresso afirmam que a reavaliação de benefício tributário concedido na gestão Jair Bolsonaro (PL), ao segmento representa uma perseguição política por parte do governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Formada em grande parte por integrantes do PL de Bolsonaro, a bancada promete resistir a eventuais mudanças na interpretação do Fisco.

Aprovado

Uma pesquisa Ipec divulgada na terça-feira (11), mostra que 39% dos brasileiros classificam a terceira gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como ótimo ou bom. Os que a classificam como regular são 30%, enquanto aqueles que avaliam como ruim ou péssimo somam 26%. Os que não sabem ou não responderam são 6%. Em relação ao levantamento anterior, divulgado no dia 19 de março, a avaliação positiva de Lula oscilou dois pontos percentuais para baixo, passando de 41% para 39%. Já a reprovação oscilou dois pontos para cima, de 24% para 26%.
 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 18 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/