Ponto e Vírgula 13/10/2022

Ponto e Vírgula 13/10/2022

Sobe - Feirense Brito 'Pânico' por faturar o título do Campeonato Intermunicipal de Boxe Olímpico.

Desce - Superintendência Regional do Trabalho, na Bahia, por não apertar a fiscalização contra o trabalho infantil doméstico o que fez o Estado ocupar o 2º lugar neste ranking.

Nem terminou e...

A eleição para governo do Estado ainda está em curso, mas o olhar de alguns políticos já está em 2024, ano das eleições municipais. Beto Tourinho deve continuar sendo candidato a prefeito pelo PSB. Alicerçado nos votos, Zé Neto vai buscar, de novo, uma eleição para prefeito pelo PT. Pablo Roberto, eleito deputado estadual, também já tem nome posto na disputa pela vaga. Zé Chico deve ser um dos pleiteantes. Fernando de Fabinho, vice-prefeito, deve ser o candidato de Zé Ronaldo, se esse não for o candidato. Enfim, a sorte está lançada.

E ainda...

Não se acredita que Geilson deva se lançar candidato a prefeito. Tom, quem sabe?! Se Jerônimo ganhar é possível que Arimatéia volte a disputar o cargo. Se o vencedor for ACM Neto, em nome da união para derrotar o candidato petista, Zé Neto, ele poderá atender o correligionário.

Nilo

A Assembleia Legislativa da Bahia deverá definir até dezembro o nome do escolhido para o cargo de Conselheiro do TCM. Por ter maioria, a bancada governista deverá definir o nome do escolhido. O nome do deputado Alex Lima (PSB), e da deputada Ivana (PSD), ganharam força.

Nilo I

O deputado federal Marcelo Nilo (REP), perdeu a reeleição. Ele estaria de olho na vaga e já teria mantido contato com alguns deputados. O problema é que ele rompeu com o governador Rui Costa (PT), e atacou muito o governo. Será difícil conseguir votos da base.

Negou

A Justiça Eleitoral negou dois pedidos de direito de resposta feitos pelo candidato a governador Jerônimo Rodrigues (PT) sobre propaganda eleitoral na qual é apontada sua participação no fechamento da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA). Jerônimo foi secretário de Desenvolvimento Rural, no governo Rui Costa, que extinguiu a EBDA. Em suas decisões, o juiz Paulo Sérgio Barbosa de Oliveira, do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), aponta que não houve o excesso alegado pelo petista na peça de campanha do candidato ao governo pelo União Brasil, ACM Neto.

Atuação integrada

O candidato a governador Jerônimo Rodrigues (PT) destacou a importância de uma atuação coordenada e integrada entre a gestão estadual e as gestões municipais para fortalecer o interior da Bahia. "Nós iremos continuar o fortalecimento dos consórcios municipais, uma política muito importante e já estabelecida. [...] A agenda com os municípios será muito importante para continuarmos fortalecendo o interior da Bahia", afirmou Jerônimo.

Quer virada

O deputado federal João Roma (PL), que recebeu mais de 738 mil votos nas eleições para governador da Bahia, disse que seu apoio ao candidato do União Brasil, ACM Neto, não garante que todos os votos sejam transferidos ao ex-prefeito de Salvador. "Ninguém é dono do voto de ninguém, pois cada um exerce o direito ao voto com a sua consciência. Eu declarei minha posição política de adversário do PT na Bahia e no Brasil", disse Roma.

Apoio

Segundo deputado mais votado nas eleições de 2 de outubro, o deputado estadual Alex da Piatã (PSD) declarou apoio à candidatura à reeleição do correligionário Adolfo Menezes à presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). "Ele fez uma excelente gestão, foi leal ao nosso grupo e em nenhum momento titubeou", avaliou Alex da Piatã, quando Menezes teve a declaração de outros seis apoios de colegas.

Excluídas

A Meta, empresa responsável pelo Facebook, Instagram e WhatsApp, anunciou ter removido de suas redes mais de 600 mil conteúdos que violam as políticas das plataformas entre os dias 16 de agosto e 2 de outubro. Segundo o relatório, foram excluídos mais de 310 mil posts com violência e incitação e outros 290 mil por discurso de ódio. Entre elas, publicações com ataques à população nordestina antes do fim da apuração dos votos no primeiro turno.

Pesquisas

Ao menos cinco pesquisas eleitorais sobre a disputa do segundo turno entre o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) serão divulgadas nesta semana, segundo informações registradas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Entre os institutos que irão divulgar seus novos levantamentos eleitorais estão o Ipec, Ipespe, Quaest e Datafolha. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 17 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/