Ponto e Vírgula 14/07/2022

Ponto e Vírgula 14/07/2022

Sobe - UEFS e Conjunto Penal de Feira, por parceria em ações de ressocialização dos detentos da unidade.

Desce - Casos de violência sexual contra mulheres, que acendem um alerta para a urgência de mais enfrentamento.

Nota de pesar

O presidente do diretório municipal do Patriotas em Feira de Santana, Romildo Compodonio, externa pesar à família do suplente de vereador Romoaldo Vieira da Silva, Bahia do Ônibus, pelo seu passamento para a vida eterna. Se associa ao presidente, os demais diretores e companheiros do partido.

Ceasa

O prefeito Colbert Martins (MDB) ao comentar no programa Bom Dia Feira sobre a possibilidade de o distrito de Humildes ter uma Ceasa, com recursos na ordem de R$ 300 milhões, não entende a manifestação da Câmara Municipal de Feira de Santana, em querer impedir os investimentos. Colbert Martins alega que o investimento é privado e que a empresa interessada escolhe onde quer investir. Disse ainda que as obras da Ceasa continuam normalmente.

200 prefeitos

Pré-candidato da União Brasil ao governo do estado, ACM Neto já consolidou o apoio oficial de aproximadamente 200 dos 417 prefeitos baianos na disputa pelo Palácio de Ondina, de acordo com o balanço mais atual fornecido à coluna pelo comando político da pré-campanha do ex-prefeito de Salvador. A marca foi alcançada após as adesões de três novos nomes: Nilza da Mata (PP), de São Sebastião do Passé; Doutor Almeida (Pros), de Canavieiras; e Fortunato Costa, o Nena (PSD), de Inhambupe, último a entrar na lista.

Roma

O pré-candidato a governador do PL, João Roma, confirmou a realização da convenção da legenda na Bahia, na sexta-feira da próxima semana (22), no Subúrbio, em Salvador. Na ocasião, ele anunciará o companheiro de chapa. Pré-candidata ao Senado, Raíssa Soares (PL) também revelará os ocupantes das duas vagas de suplentes. Tanto Roma quanto a candidata ao Senado são representantes do presidente Jair Bolsonaro (PL) na sucessão estadual.

PEC Kamikaze

A Câmara rejeitou um destaque apresentado pelo PT para retirar o estado de emergência da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) "Kamikaze", que turbina benefícios sociais às vésperas da eleição. O dispositivo foi incluído no texto para blindar o presidente Jair Bolsonaro (PL) de possíveis punições da Lei Eleitoral, que proíbe a criação de benesses às vésperas da eleição, exceto em casos de calamidade pública e emergência nacional.

MDB e PSDB

Em Porto Alegre, o presidente nacional do MDB, o deputado federal Baleia Rossi, tentará destravar de vez o apoio do PSDB à candidatura da senadora emedebista Simone Tebet (MS) ao Palácio do Planalto nas eleições deste ano. Segundo a coluna de Igor Gadelha, do portal Metrópoles, Rossi se reunirá com integrantes da executiva estadual do MDB no Rio Grande do Sul. O objetivo será convencer os emedebistas gaúchos a desistirem de candidatura própria ao governo do estado para apoiar o ex-governador Eduardo Leite (PSDB) na disputa.

Direcionamento

O pré-candidato do PT à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, pediu a militantes e apoiadores, que não aceitem as provocações antes das eleições. "Não quero ninguém aceitando provocação. São três meses em que vamos nos multiplicar na rua. Vamos nos multiplicar fazendo passeatas. Vamos ter que dar uma lição de moral, que nem o Gandhi deu. Nós não precisamos brigar. A nossa arma é a nossa tranquilidade, o amor que temos dentro de nós, a sede que temos de melhorar a vida do povo brasileiro", disse.

Garis

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado (CAS) aprovou, no último dia (5), o Projeto de Lei 3.253/2019, que regulamenta a profissão de gari no Brasil e estabelece o piso salarial de R$ 1.850 mensais para a categoria. O PL do senador Paulo Paim (PT-RS) teve parecer favorável, com emendas do senador Lucas Barreto (PSD-AP), e segue agora para a Câmara dos Deputados, caso não haja recurso para votação em Plenário.

Vice de verdade

Em um aceno a empresários do comércio e do turismo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que pretende garantir um mercado consumidor mais pujante para impulsionar o setor em um eventual novo governo. O petista também colocou o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB) em posição de protagonismo e disse que ele "não será um vice de brinquedo, será um vice de verdade". O pré-candidato a vice na chapa de Lula é um importante interlocutor dos empresários do segmento. 

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 08 Fevereiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/