Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Esportes

todas as notíciasseta

Técnico de ‘estrela’, Lira confia em resultado positivo

O treinador Arnaldo Lira treina o grupo do Bahia de Feira visando o confronto diante do Atlético


29/10/2020 às 04:14h

Técnico de ‘estrela’, Lira confia em resultado positivo
Crédito: Divulgação

Os problemas para o técnico Arnaldo Lira arrumar a equipe do Bahia de Feira visando o confronto do próximo sábado (31), na Arena Cajueiro, diante do Atlético de Alagoinhas, pela decima rodada do Brasileiro da Série D, parecem não ter fim. O treinador recebeu o reforço do lateral esquerdo Deca recém-contratado. Contudo, Arnaldo Lira não vai poder contar com o atleta para o próximo compromisso, já que o mesmo se encontra afastado por ter contraído o novo coronavírus.

 

Sem poder contar o titular da posição o experiente Alex Cazumba, também contaminado com o Covid-19, as coisas coisa parecem cada vez mais complicada para o técnico Arnaldo Lira, que sem opções vai ter que ter habilidade para montar o verdadeiro quebra-cabeça. Além dos problemas de contusões o comandante do Tremendão ver uma onda de casos do novo coronavírus no elenco, que agora já somam 14 casos.

 

Enfrentar adversidades não é novidade para o calejado treinador, que confia na sua “estrela” para superar os obstáculos e encarar os atleticanos. “Não é novidade isso que estar acontecendo de tantos problemas. Aqui mesmo no Bahia de Feira, quando fomos campeões, o time na fase classificatória começou mal e depois fomos arrumando, os resultados acontecendo a ponto da gente avançar, chegar a final e o time ser campeão”, lembra Lira. “No Atlético no passado, quem acreditava? Quando cheguei o time tinha um ponto e aí tivemos um desempenho que surpreendeu ao ganharmos quatro partidas e nos classificamos em terceiro lugar, ganhando vagas na Copa do Brasil e na Série D”, complementa.

 

Lira acredita que mesmo com os problemas, o Bahia de Feira pode vencer o Atlético. “Eles estão bem, mas nós estamos vivos e podemos virar essa situação. O grupo está trabalhando forte e dentro daquilo que temos, vamos montar uma equipe competitiva para vencer o jogo. O Atlético não vai encontrar moleza aqui”, garante o técnico.

 

Se a maré não está nada boa para o Bahia de Feira, o consolo é que do outro lado uma onda de crise financeira vem assolando o rival, ocasionando diversas baixas no elenco do Carcará. Na última quarta-feira (28), mas dois jogadores rescindiram contrato devido à falta de pagamento de salário, o zagueiro Emerson e o jogador Russo deixam a equipe de Alagoinhas.

FONTE: Da Redação
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Live do Grupo DIBEMCOMAVIDA
Publicidade
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas