Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Política

todas as notíciasseta

Vereador contra dia da beleza negra por não ter ‘dia da beleza branca’

Edvaldo proferiu afirmações consideradas racistas pelos colegas, além de se referir de forma negativa às religiões de matriz africana


07/04/2021 às 06:10h

Vereador contra dia da beleza negra por não ter ‘dia da beleza branca’
Crédito: Divulgação

Uma fala do vereador Edvaldo Lima gerou polêmica na sessão desta quarta-feira (7) na Câmara Municipal de Feira de Santana. Na discussão sobre um requerimento proposto pelo vereador Petrônio Lima (Republicanos), que propunha uma sessão solene em comemoração ao Dia da Beleza Negra, Edvaldo proferiu afirmações consideradas racistas pelos colegas, além de se referir de forma negativa às religiões de matriz africana, chegando a solicitar que constasse em ata os nomes dos vereadores evangélicos que votaram favoráveis ao requerimento, em atitude de ameaça velada.


Os vereadores que usaram a tribuna após Edvaldo foram unânimes em repreender a fala do colega, inclusive o vereador Jhonatas Monteiro (PSOL), que fez o discurso mais incisivo: “Pra o vereador Edvaldo Lima, que parece que não frequentou as aulas de história do país, que desconhece o bê-a-bá mais simples daquilo que é o nosso país, pra vir afirmar que o que divide o a nossa sociedade é reivindicar valorização pra negros e negras, é desconhecer que o que nos divide é a persistência do racismo, que a fala dele é só mais um exemplo. Então, se a gente assume aqui o uso da tribuna, tem que ter coragem de assumir nossas posições sem subterfúgio, sem dar volta, se é racista, tem que dizer que é”.


Jhonatas destacou ainda a existência de uma Comissão de Reparação na Câmara Municipal, que tem como uma das tarefas justamente propor ações voltadas para a reparação junto a grupos sociais historicamente oprimidos, e fez uma provocação ao vereador Edvaldo Lima para que este fosse ler o regimento da Câmara e conhecer suas funções. A Comissão de Reparação, Direitos Humanos, Defesa do Consumidor e Proteção à Mulher da Câmara Municipal de Feira de Santana é presidida pelo próprio Jhonatas, que finalizou sua fala com uma advertência de que discursos como o de Edvaldo Lima não serão mais tolerados no espaço da Câmara Municipal: “Nessa casa aqui, vereador, acabou o tempo onde racismo, velado ou explícito, ficava sem resposta. Se isso acontecia até antes, acabou.” 

REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

Gov Bahia

TVGeral

Live 3 Revolusamba - A história continua...
Publicidade
Gov Bahia
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas