Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Covid-19

todas as notíciasseta

Suspensa vacinação com Oxford para grávidas feirenses com comorbidades

A suspensão ocorre após o Ministério da Saúde ser notificado do caso da morte uma grávida que foi vacinada com o imunizante da Oxford/Astrazeneca no Rio de Janeiro. Não há detalhes sobre a morte


11/05/2021 às 11:46h

Suspensa vacinação com Oxford para grávidas feirenses com comorbidades
Crédito: Divulgação

Feira de Santana segue a determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e suspende a vacinação com doses da vacina contra Covid-19 da Oxford/Astrazeneca, produzida no Brasil pela Fundação Fiocuz, no Rio de Janeiro. A recomendação da órgão nacional foi emitida na última segunda-feira (10).


Segundo o secretário de Saúde, Marcelo Britto, a Anvisa é um órgão técnico e segue um protocolo claro quando existe um evento adverso. A suspensão ocorre após o Ministério da Saúde ser notificado do caso da morte uma grávida que foi vacinada com o imunizante da Oxford/Astrazeneca no Rio de Janeiro. Não há detalhes sobre a morte.


"Estão pesquisando por que que esse óbito ocorreu, se foi ou não em virtude da vacina, o protocolo determina que seja suspensa a utilização neste grupo de pessoas. A Anvisa está seguindo regras técnicas, determinando a suspensão e o município de Feira vai seguir essa regra. Estamos supendendo a vacinação de grávidas com comorbidades com vacina Oxford, a vacina CoronaVac continuará sendo aplicada normalmente, até que a Anvisa feche esta pesquisa, avaliação e libere ou proiba de forma definitiva", comentou o gestor municipal de saúde nesta terça-feira (11).


Como o município ainda não começou a vacinação de grávidas sem comorbidades, Marcelo Britto alerta que esta suspensão não se aplica a outros grupos que estão aptos a serem vacinados contra o novo coronavírus. "A Nota Técnica que Anvisa soltou é especifica para grávidas com comorbidades, não vamos suspender a Oxford para grávidas. As outras pessoas que tem hipertensão, imunossuprimidos, DST/AIDS, esses podem continuar sendo vacinados com Oxford sem nenhuma dificuldade", disse.  

REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

Gov Bahia

TVGeral

Live da Esperança. Comandada pelo Frei Mário Sérgio
Publicidade
Gov Bahia
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas