Feira de Santana
+30...+30° C
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Expofeira

todas as notíciasseta

Bonecas retratam o talento das artesãs

A exposição está no espaço Caminho da Roça


04/09/2013 às 10:46h

Bonecas retratam o talento das artesãs
Crédito: Reprodução/Silvio Tito/Secom/PMFS

Um dos estandes do Caminho da Roça está cheio de bonecas de panos de todos os tamanhos e de todas as cores. E todas têm um por que de estar lá com suas funções didáticas e críticas sociais. São magras, cheinhas, altas, pequenas. Étnicas. E todas receberam a mesma carga de carinho da artesã Marilene Barreto, que mora na Vila São José, no distrito de Governador João Durval Carneiro.

 
Em um painel estão expostas várias bonecas magérrimas. Todas com corpo de modelo. “Representam as meninas que querem ter este corpo e terminam anoréxicas”, critica o comportamento.

 
Em um sofá fica um casal, que diferentemente das outras não riem. “Eles representam os deficientes físicos. É uma crítica às pessoas que deixam seus familiares deficientes trancados nas suas casas”.

 
Entre as suas bonecas existem algumas com feições infantis, mas que estão grávidas. É outro conselho que dá às jovens. As duas maiores, Dalila e Iracema, ambas negras e com cerca de 1,70 metro de altura, são os xodós da artesã. Não estão à venda – os preços variam de R$ 2 a R$ 1 mil.

 
Pelas contas dela, já vendeu exatas 7.012 bonecas. “E para todo Brasil e até para o exterior. Tenho bonecas na Europa”, diz. Uma caixa com várias bonecas pequenas representa as criancinhas abandonadas pelas mães.
 

Revela que o material usado na confecção das suas bonecas, malha e arame, é todo reciclado. “Trabalho para trazer de volta as bonecas de pano”, revela Marilene Barreto. 

FONTE: Com informações da Secom/PMFS
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Live do Grupo DIBEMCOMAVIDA
Publicidade
Radio Geral 2
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas