Feira de Santana
+30...+30° C
Dólar:   R$ 4,146
Euro:   R$ 4,841
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Feeds

Geral

todas as notíciasseta


Terceirizados acusam empresa de aplicar golpe na lei trabalhista

Funcionários dos postos da Rede SAC reclamam de desrespeito


12/05/2014 às 05:03h

Terceirizados acusam empresa de aplicar golpe na lei trabalhista
Crédito: Reprodução

Os funcionários terceirizados que trabalham nos postos da Rede SAC – Serviço de Atendimento ao Cidadão - na Bahia estão com seus salários do mês de maio atrasados. O vencimento mensal que estava previsto para o quinto dia útil ainda não foi efetuado pela empresa terceirizada contratada pela Secretaria de Administração do Estado da Bahia, a PH Service, que tem sede em Belo Horizonte (MG). 

Em Feira de Santana, o atendimento ao cidadão está acontecendo, porém muitos trabalhadores têm utilizado as redes sociais para desabafar contra este abuso.
 
Nos postos da rede espalhados pelo Estado, os funcionários estão indo trabalhar, porém estão em "operação tartaruga", pois tentam entrar em contato por telefone com a PH, mas a empresa não recebe as ligações dos funcionários, "parece que sumiu no mapa", se queixa uma funcionária do SAC Feira II, posto próximo à rodoviária.
 
 
Outros funcionários, que não quiseram se identificar, por medo de sofrer retaliação ou demissão, informaram à reportagem do FOLHA DO ESTADO, que este atraso é apenas um dos absurdos que as terceirizadas que operam a rede SAC cometem. "Nós recebemos muito mal, e ainda por cima atrasam nosso salário, até hoje (12) não tem na conta. Aqui um funcionário contratado pelo REDA (Regime de Direito Administrativo) trabalha com a mesma carga-horária e recebe muito mais pelo mesmo serviço prestado. Antes, no SAC se trabalhava seis horas, hoje trabalhamos oito, mas eu não sei baseado em quê a SAEB não repassou aumento nenhum, trabalhamos mais e ganhamos pouco. O salário mínimo aumentou e até hoje não recebemos retroativo desse aumento", informou outra funcionária.
 
A Secretaria de Administração do Estado da Bahia publicou no Diário Oficial do Estado na edição deste fim de semana uma notificação à PH para que preste esclarecimentos em relação aos pagamentos em atraso. Até o fechamento desta matéria, os pagamentos ainda não haviam sido depositados, mas o Sindilimp-BA, sindicato que representa os terceirizados dos postos da rede SAC na Bahia, emitiu uma nota na tarde de ontem (12) em sua página na internet informando um acordo realizado com a SAEB para que a Secretaria de Administração do Estado assuma o pagamento dos salários e também anunciou o fim do contrato com a PH.
 
 
Todos os funcionários mencionados nesta reportagem disseram que não queriam ser identificados. 

A reportagem completa estará disponível na edição impressa desta terça-feira (13) do jornal FOLHA DO ESTADO.

FONTE: Da Redação
REPORTAR ERROREPORTAR ERRO

TVGeral

Programa Música na Geral com apresentação de Sérgio DiSalles
Publicidade
Santana
Elo Engenharia
Vilage
Campanha Nota Premiada
Vilage Marcas e Patentes
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Festas