Ponto e Vírgula 01/04/2023

Ponto e Vírgula 01/04/2023

Sobe - O esporte feirense que com a criação de uma Superintendência passa a ter novas perspectivas em relação à gestão das modalidades.

Desce - Pedro Guimarães, ex-presidente da Caixa, por virar réu por assédio sexual.

A sirene na Prefeitura

Na última quarta-feira (29), quando o prefeito esperava a chegada de vereadores, que hoje, compõem a base, três deles estavam reunidos ao pé da escada, do estacionamento interno da prefeitura, o vereador Correia Zezito (Patriotas), em tom de "gozação" disse aos outros dois: "no gabinete do prefeito, tem uma sirene, que quando é tocada, é para acusar a presença de traíras". Fechou a boca e a tal sirene tocou. Ato contínuo, três outros vereadores atravessaram o portão de entrada. Os três caíram na gargalhada, os outros perguntaram: "Que foi? Que foi?". Não disseram. E os chegantes ficaram encabulados.

ICMS

Os estados decidiram reduzir em R$0,23 o valor da nova alíquota única para o ICMS da gasolina, que passará a ser de R$1,22. O corte foi feito após acordo com o STF (Supremo Tribunal Federal) que estabelece também novos prazos para a mudança na cobrança do imposto. Mesmo com a redução, a nova alíquota deve pressionar o preço do combustível nas bombas, já que é ainda bem superior à praticada atualmente na maior parte do país - apenas o Piauí cobra hoje um valor maior, R$ 1,24 por litro.

Jerônimo Rodrigues

O governador Jerônimo Rodrigues (PT) fez a sua primeira parada antes de chegar à China. O gestor estadual aproveitou a pausa nas terras lusitanas e participou de encontros com autoridades políticas e empresariais de Portugal, na noite de quinta-feira (30). Em Lisboa, Rodrigues, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Angelo Almeida (PSB) e a sua comitiva, se encontraram com o embaixador do Brasil em Portugal, Raimundo Carreiro Silva. O momento foi registrado nas redes sociais do governador, que agradeceu a receptividade.

Carta

Professores, policiais civis, policiais penais, servidores do Ministério Público da Bahia, servidores da Secretaria da Fazenda, e do Poder Judiciário, representados pela Federação dos Trabalhadores Públicos do Estado da Bahia (Fetrab), lançaram, ontem (31), carta aberta ao governador Jerônimo Rodrigues. A Fetrab solicita abertura de um canal de diálogo através da instalação de um "sistema de negociação permanente" com a nova gestão estadual e o reajuste salarial linear de 9% de acordo com os indicativos e parâmetros propostos pelo governo Lula para todos os servidores públicos baianos.

Nordeste

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) pretende se manter em evidência e quer rodar o país, com foco no Nordeste. Segundo uma reportagem da Folha de S. Paulo, após passar três meses nos Estados Unidos, o chefe de Estado quer defender o seu governo e fazer o PL crescer nas eleições municipais de 2024. O Nordeste foi a única região em que Bolsonaro foi derrotado por Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições de 2022.

Cajado

Cotado para relatar o novo marco fiscal na Câmara dos Deputados, o deputado federal Cláudio Cajado (PP-BA) evitou responder o que achou da proposta. O político disse que não se manifestará sobre o assunto até o anúncio oficial. Cajado ainda negou a informação de que teria sido escolhido pelo Progressistas para ser o relator do projeto, em resposta à notícia veiculada pelo O Antangonista. O site afirmou, ontem (31), que o acordo foi feito pelo presidente do parlamento, Arthur Lira (PP-AL).

Expectativa

Mesmo após publicação do senador Ciro Nogueira (Progressistas-PI) sobre o fim das negociações para a formação da federação entre seu partido e o União Brasil, o prefeito de Salvador, Bruno Reis, integrante do União Brasil, ainda nutre o sonho da concretização da associação entre as duas legendas, ainda que seja com vistas nas eleições de 2028. Segundo ele, ao ver a possibilidade naufragada, ao menos neste momento, o PP e o UB formaram um bloco partidário com 118 deputados na Câmara Federal.

Caso arquivado

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo tribunal Federal (STF), arquivou duas notícias-crime contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sobre a declaração dele de que plano de uma facção contra o senador Sergio Moro (União) seria uma armação do próprio parlamentar. "Diante do exposto, em razão da ausência de indícios mínimos da ocorrência de ilícito penal, determino o arquivamento imediato desta representação [...]. Intime-se com cópia da decisão o representante e o representado. Ciência à Procuradoria-Geral da República", escreveu Moraes na decisão requerida pelo deputado Nikolas Ferreira (PL). 

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 14 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/