Ponto e Vírgula 15/03/2023

Ponto e Vírgula 15/03/2023

Sobe - Governador Jerônimo Rodrigues (PT), por ter prestigiado Feira de Santana ao começar na cidade a escuta para o PPA.

Desce - Profissionais de emissora de TV de Salvador, que desviaram recursos avaliados em cerca de R$ 800 mil que deveriam ajudar pessoas vulneráveis.

Certeza

Não tem mais retrocesso. As tratativas para as eleições municipais, em Feira de Santana, no ano que vem é uma situação real e irreversível. Depois de Pablo Roberto (PSDB) manter contatos com o presidente do Solidariedade e PL, em Salvador, sempre acompanhado do presidente estadual do partido, o deputado Adolfo Viana, outras pré-candidaturas ficaram expostas em Feira de Santana. A Universal já transmitiu sinais claros de que novamente terá candidato a prefeito, em Feira de Santana. O partido não ficou satisfeito com o esvaziamento da secretaria que ocupa no município.

Mais dois

O ex-deputado e suplente, Tom (Solidariedade), declarou que será candidato a prefeito, em Feira de Santana, e isso, pelo que se apresenta, é irreversível. No vácuo da entrevista de Tom, Carlos Geilson, do mesmo partido, os dois já desesperançados para ocuparem secretarias no município, no dia seguinte, aproveitou a deixa e também se declarou pré-candidato. Um redemoinho pairou nas hostes das lideranças ligadas a José Ronaldo (UB), que de camarote, apenas exclama: "Só trato de eleições no ano que vem".

Evitar calote

Evitar o calote no pagamento de encargos trabalhistas de funcionários que prestam serviço à Prefeitura de Feira de Santana, através de empresas terceirizadas. Este é o objetivo de um projeto de lei aprovado pela Câmara Municipal, recentemente, em segunda votação. A proposta, de autoria do vereador Professor Ivamberg (PT), vai para sanção do Poder Executivo, para entrar em vigor. A futura lei institui mecanismo legal que obriga o órgão ou entidade contratante a reter, mensalmente, os valores equivalentes a encargos trabalhistas e previdenciários e depositá-los em uma conta bancária específica. A provisão de recursos deve ser feita pelo ente público no momento de efetuar o pagamento à contratada que presta serviço contínuo.

Feriado

O funcionamento do comércio de Feira de Santana, no feriado nacional de Tiradentes, 21 de abril, que também será o segundo dia oficial da Micareta, foi questionada com veemência pelo vereador José Carneiro (MDB), que classificou a atitude como "ganância" dos empresários. Ao comentar entrevista do presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Antônio Cedraz, ele pediu que a classe empresarial repense a decisão. José Carneiro argumentou que em outros momentos já foi constatado que não há movimento que justifique a abertura do comércio, como no período do carnaval. "A Micareta é a maior festa popular da cidade, além do fato da data ser feriado nacional", justificou.

Sem consulta

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), disse que nenhuma medida deve ser anunciada por seus ministros sem consultar antes a Casa Civil, capitaneada pelo ex-governador da Bahia, Rui Costa. Segundo o mandatário, o governo deve trabalhar para que as medidas não 'pertençam a ministros', mas, sim, ao governo. A declaração foi dada durante abertura de reunião ministerial com as áreas social e econômica do governo. "A gente também não pode correr risco de anunciar coisa que não vai acontecer. Então a minha sugestão, para que as coisas fiquem bastante corretas, coesas e harmônicas, é que ninguém anuncie nada, absolutamente nada que seja novo sem passar pela Casa Civil", disse Lula.

PPP's

O prefeito de Salvador, Bruno Reis, foi reeleito vice-presidente de Concessões e Parcerias Público Privadas (PPPs) da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), durante a 84ª Reunião Geral da entidade municipalista, em Brasília. O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, também foi reconduzido para a presidência da entidade para o biênio 2023-2025, assim como os chefes do Executivo do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (1º vice-presidente), e de São Paulo, Ricardo Nunes (2º vice-presidente). A FNP reúne cidades com mais de 80 mil habitantes, dentre eles todas as capitais. Bruno Reis ressaltou o trabalho da entidade em prol das pautas municipalistas.

Tensão

Apoiadores de candidatos à vaga de Ricardo Lewandowski, no STF, ficaram tensos com as críticas que o senador Sérgio Moro (UB), fez ao advogado Cristiano Zanin, que defendeu Lula (PT), na Operação Lava Jato e é tido como um dos preferidos para ocupar o cargo. Eles acreditam que os ataques de Moro a Zanin reavivam em Lula a memória do que definem como perseguição sofrida por ele na Justiça. E reforça ainda mais a preferência pelo defensor, já enaltecido pelo presidente publicamente. Moro estaria, assim, reforçando, na prática, a campanha para que o advogado seja indicado - ainda que não perceba.

Paraguai

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), terá uma reunião bilateral, na quinta-feira (16), em Foz do Iguaçu (PR), com o presidente do Paraguai, Mário Abdo Benítez. A informação é da coluna de Igor Gadelha, do portal Metrópoles. Os dois participarão da posse do ex-deputado brasileiro Enio Verri (PT-PR) como novo presidente de Itaipu Binacional. Trata-se do segundo encontro entre Lula e Mário Abdo desde janeiro. O primeiro aconteceu em Brasília, no dia seguinte à posse do petista, prestigiada pelo uruguaio. 

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 13 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/