Ponto e Vírgula 19/11/2022

Ponto e Vírgula 19/11/2022

Sobe - Feira de Santana por sediar a 10ª edição do Encontro de Veículos Antigos que acontece neste fim de semana.

Desce - Pessoas que insistem na prática do furto de energia.

Posse

Esperava-se que a posse do novo procurador do Município, Antônio Augusto Graça Leal (Guga Leal) servisse para que o Governo do Município celebrasse a primeira vitória na contenda que tem com a Câmara de Vereadores, e não era para festejar a vitória, mas um sinal de que bons tempos estarão á porta, a partir de janeiro. Mostrar um secretariado coeso em torno de um momento vitorioso com a aprovação do novo procurador não aconteceu. Guga foi empossado pelo prefeito com a presença de convidados do novo procurador e apenas um secretário, o chefe de gabinete, Fanael Ribeiro. Mas, logo depois de empossado, chegou o secretário de administração, José Marcondes, para participar da assinatura de parceria com a Caixa Econômica, e ato contínuo, o secretário de Planejamento, Carlos Brito, que havia chegado de madrugada, vindo de uma missão, em viagem à Barcelona. O prefeito foi lacônico ao apresentar o procurador e esse, seguindo o ritmo, se deteve a agradecer a indicação do prefeito e aos vereadores pela aprovação.

A festa e o peso

Até ontem (18), pela manhã, segundo a secretaria de desenvolvimento econômico, os patrocinadores do Show no estacionamento do Shopping Popular não tinham apresentado o pagamento dos impostos referentes ao evento, não apresentaram laudo de segurança pelo corpo de bombeiros e polícia militar e ainda, laudo técnico de engenharia para atestar que a concentração de milhares de pessoas à festa seria suportável pelo piso. Tem que informar hoje (19), pela manhã se está tudo ok.

Vai continuar

Quem pensa que para a deputada federal Dayane Pimentel (UB), sua atividade política vai encerrar em 31 de dezembro de 2022, está enganado. A interlocutores, tanto ela quanto seu esposo Alberto Pimentel, presidente do União Brasil em Feira, participarão ativamente das eleições municipais de 2024, não só em Feira, mas também em outras cidades da Bahia. Aqui na cidade, a participação poderá ser como candidatura à Prefeitura ou compor uma chapa como vice. Enquanto isso, dedica-se ao deleite de observar a derrocada do atual presidente Bolsonaro.

No aguardo

Não está sendo cumprida, pela Prefeitura, emenda de caráter impositivo ao Orçamento Municipal deste ano, aprovada pela Câmara, que determina investimento na pavimentação de vários caminhos do populoso conjunto Feira X. A reclamação é do vereador Galeguinho SPA (PSB), autor da proposta. Em pronunciamento na Câmara, ele disse que continua esperançoso de que o prefeito Colbert Martins "dê uma atenção" a esta demanda, uma vez que emenda impositiva é de obrigação do Governo executar.

Prazo

Nos bastidores da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), deputados estaduais têm estranhado a demora para que seja pautada na Casa a indicação do próximo conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). A cadeira está vaga há quase 1 ano e quatro meses, sem que o parlamento baiano se debruce sobre a escolha do novo membro da Corte. O presidente da AL-BA, Adolfo Menezes (PSD), justificou que não há um prazo legal para que o legislativo indique um nome para o TCM. Segundo ele, neste momento, a Casa tem outras prioridades e a tendência é que a decisão fique para 2023.

Solidariedade

Presidente do Solidariedade na Bahia, o deputado estadual eleito Luciano Araújo afirmou, ontem (18), que a sigla se unirá ao PL em uma bancada, na Alba. "Formamos esse bloco para que possamos, com seis deputados, termos acesso à Mesa, liderança e comissões. Isso fortalece a nossa atuação parlamentar", declarou o parlamentar.

Vitória da Conquista

Praças públicas e serviços de jardinagem precários prestados pela prefeitura de Vitória da Conquista, foi motivo de crítica na Câmara Municipal do município, durante sessão na quarta-feira, 16. O vereador Andreson Ribeiro (PCd0B) condenou as condições da infraestrutura municipal. Andreson reiterou as críticas em relação a qualidade do asfalto em TSD, utilizado na pavimentação de ruas da Zona Oeste da cidade.

Barreiras

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) quer que o Município de Barreiras, no oeste do estado, adote medidas que assegurem a adequada gestão e fiscalização de contratos administrativos. Segundo o promotor de Justiça André Luís Fetal, a Central de Apoio Técnico do MP detectou irregularidades em processos de pagamento do Município, que efetuou pagamentos de despesas sem o devido atestado de regularidade assinado por servidor público incumbido pela tarefa. 

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 09 Dezembro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/