Ponto e Vírgula 23/05/2023

Ponto e Vírgula 23/05/2023

Sobe - MPBA por autorizar agentes de endemias para entrar em imóveis fechados, abandonados e naqueles em que for recusado o acesso da equipe de monitoramento, no combate ao mosquito Aedes aegypti, mesmo sem o consentimento dos proprietários.

Desce - A intolerância de torcedores espanhóis, com Vini Jr. por ser negro e um dos maiores jogadores do mundo na atualidade.

Faixa estreita

Na eleição municipal de 2020, PT, PC do B e PV, formaram chapas isoladas para o pleito de vereador. Em Feira de Santana, o PT elegeu dois vereadores, o PV um, e o PC do B, nenhum. Os três partidos, no conjunto, lançaram 96 candidatos a vereador. Pois bem, na eleição do ano que vem, os três partidos juntos, agora, formam uma federação e só podem lançar 22 candidatos. O que se fazer com os outros 74? Trabalho para os profissionais.

Vacina

O Ministério da Saúde tem divulgado os baixos índices de pessoas que têm procurado os postos de saúde para se vacinar contra a gripe. Preocupado com os números, o deputado estadual Binho Galinha (Patriota) tem usado o seu mandato para alertar a sociedade e pedir aos governos federal, estadual e municipal que ampliem as campanhas de conscientização da importância da vacina. "Peço que todos que estejam na faixa de idade estabelecida pelo Ministério da Saúde, que se vacine. Estamos chegando no inverno e todos devem se prevenir", destaca Binho Galinha.

MDB

A expectativa é que na próxima eleição, o MDB seja novamente o partido que elegerá o maior número de vereadores em Feira de Santana. Elegeu 4. O segundo colocado foi o DEM, hoje, União Brasil, que elegeu 3. O PT elegeu 2, e os demais partidos, 1 cada. O Republicanos com uma cadeira cativa, que é a de Eli Ribeiro, terá dificuldades em completar a chapa. Já o PSOL, que agora participa de uma federação, tendo a companhia do REDE, espera alcançar os 80% do quociente.

Rômulo e Remo

Depois de evento de inauguração da escola em Maria Quitéria, distância na missa de Ildes Ferreira e pela terceira vez, na Marcha para Jesus, um aliado faz questão de se afastar do outro. Moral da história: Nesse caso, mesmo com três negativas, nem Jesus está conseguindo unir os dois. Por soberba, mesmo estando na frente, ACM Neto perdeu a eleição.

PL

O partido do ex-presidente Jair Bolsonaro, o PL, pretende lançar candidaturas fortes para conquistar os principais municípios da Bahia nas eleições de 2024. Em conversas internas da sigla, projetos para cidades como Salvador, Lauro de Freitas, Feira de Santana e Vitória da Conquista já estão avançados. O ex-deputado e presidente do PL na Bahia, João Roma, reiterou que é pré-candidato à prefeitura de Salvador em 2024. No pleito anterior, ele acumulou 125.701 na capital. Mas, segundo aliados, ele pode abrir mão da candidatura ao Palácio Thomé de Souza para ser o coordenador principal do partido nas eleições do estado.

PT Avante

A Avante, corrente interna do PT, lançou sábado (20), processo de encontros municipais na Bahia, durante evento com membros de todo o estado e representantes nacionais. A ação marca o novo posicionamento da tendência, que se alinha à construção política do Governo de Jerônimo e se dedica ao fortalecimento das políticas públicas do PT na Bahia. "A Avante aprofundou sua concepção política e nosso objetivo é construir, junto ao Governo de Jerônimo, uma pauta política de fortalecimento do governador, enquanto liderança, e de apoio e participação nos rumos do seu governo.

Alfabetização

O novo pacto pela alfabetização, colocado como prioridade pelo governo Lula, vai apostar na atuação dos estados na relação com municípios, em instâncias colaborativas de governança e no protagonismo de avaliações, segundo o plano obtido pela Folha. A atuação de universidades ficou de fora do projeto. Além de alterações na distribuição de recursos com base em resultados da alfabetização, o MEC (Ministério da Educação) planeja investir R$ 800 milhões ainda neste ano. O valor é menor do que os R$ 2 bilhões do pacto de alfabetização lançado em 2012 pelo governo Dilma Rousseff (PT), esvaziado a partir do governo Michel Temer (MDB).

Otto

O senador Otto Alencar (PSD) protocolou um requerimento, na Comissão de Relações Exteriores (CRE) e de Segurança Nacional do Senado Federal em repúdio ao caso de racismo sofrido pelo jogador brasileiro Vinícius Júnior, do Real Madrid, em partida contra o Valencia no final de semana. Otto solicitou que a embaixadora da Espanha, no Brasil, María del Mar Fernández-Palacios Carmona, compareça à comissão no Senado para prestar esclarecimentos sobre o ato de racismo em seu país.

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 21 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/