Ponto e Vírgula 28/10/2021

Ponto e Vírgula 28/10/2021

Sobe - USP e Unicamp por serem as únicas sul-americanas a figurar em um ranking de reputação global.

Desce - Estudantes de medicina por serem presos acusados de fraudarem histórico escolar.

Centrão em Feira

Ontem (27), à reportagem do Jornal Folha do Estado, o vereador Correia Zezito (Patriota) falou sobre o que ele chama de "Centrão", grupo formado por ele na Câmara de Feira. Junto com Pastor Valdemir e Jurandy Carvalho, Correia formou este grupo, que dentro do pequeno grupo dos governistas, já não seguirá mais as ordens do líder do governo, Lulinha. O grupo novo tem a intenção de abrir um diálogo com o prefeito.

Saúde e educação

Matéria que deverá ser apreciada pela Câmara Municipal ainda esse ano, o Orçamento para o exercício 2022, a Prefeitura Municipal de Feira de Santana prevê uma arrecadação de R$ 1.653.172.890,00. Desse valor, R$ R$ 486.669.448,00 serão investidos na Saúde e R$ 402.965.645,00 na Educação. Juntos somam R$ 889.635.093,00 em investimentos. Ou seja, mais de 50% da arrecadação do município.

Salários

Mais uma manifestação aconteceu, ontem (27), em Feira de Santana, segundo informações do vereador Edvaldo Lima (MDB). Desta vez funcionários da policlínica do conjunto Feira X paralisaram as atividades por atraso no pagamento. O edil lamentou que funcionários estejam sem receber salários. "Onde vamos parar?", questionou, na Câmara Municipal de Feira de Santana.

Longe

O ex-prefeito de Salvador e presidente do DEM, ACM Neto, voltou a descartar que o seu futuro partido, o União Brasil, possa apoiar o presidente Jair Bolsonaro na disputa pela reeleição em 2022. "O União Brasil nasce muito distante de estar nas hostes ou debaixo das saias do governo [Bolsonaro]", afirmou ACM Neto, provável candidato ao governo da Bahia.

É Ciro

O prefeito Bruno Reis (DEM) declarou, em coletiva de imprensa realizada na manhã de ontem (27), que Ciro Gomes (PDT), pré-candidato à presidência da República, é "uma das opções" do União Brasil.

PSD

O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, confirmou o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (MG), como candidato à presidência da República em 2022. No anúncio, feito durante uma convenção regional do diretório da legenda, Kassab disse acreditar que Pacheco "tem todas as condições de vencer as eleições".

PP ou PL

Sem ainda ter um partido para disputar a reeleição em 2022, o presidente Jair Bolsonaro afirmou manter conversas com PP e PL para definir sua filiação. As duas siglas fazem parte da sua base de apoio e o presidente avalia qual o poder de influência terá sobre cada uma antes de bater o martelo. Na mesa de negociações está o controle de diretórios regionais e a escolha de candidatos ao Senado. "Hoje em dia está mais para PP ou PL, me dou muito bem com os dois partidos", afirmou o chefe do Executivo em entrevista à Jovem Pan News. PTB de Jefferson foi jogado para o escanteio.
 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 28 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/