AGU pede que bloqueio de bens de presos por atos em 8 de janeiro suba para R$ 20,7 milhões

BrasilAtaques em Brasília

AGU pede que bloqueio de bens de presos por atos em 8 de janeiro suba para R$ 20,7 milhões

O pedido considera estimativa atualizada de prejuízos na Câmara 

Crédito: Divulgação

A Advocacia-Geral da União (AGU) pediu à Justiça Federal do Distrito Federal o aumento de R$ 18,5 milhões para R$ 20,7 milhões do valor do bloqueio cautelar de bens de manifestantes presos por depredar as sedes dos três Poderes em 8 de janeiro, em Brasília.

O pedido considera a estimativa atualizada de prejuízos na Câmara, que elevou o cálculo de danos de R$ 1,1 milhão para R$ 3,3 milhões.

As ações foram propostas para garantir o ressarcimento aos cofres públicos caso os acusados - agora em prisão temporária ou em liberdade com medidas cautelares - sejam condenados definitivamente. Segundo a AGU, pelo menos R$ 4,3 milhões só em veículos de pessoas e empresas já estão bloqueados. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 23 Fevereiro 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/