CNJ julga destino do juiz federal Marcelo Bretas

BrasilSaiba mais

CNJ julga destino do juiz federal Marcelo Bretas

O órgão vai julgar três reclamações disciplinares

Crédito: Fernando Frazão/Agência Brasil

O destino do juiz federal Marcelo Bretas - que atuou na Lava Jato do Rio - poderá ser decidido na terça-feira pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). 

O órgão vai julgar três reclamações disciplinares abertas para investigar denúncias que atribuem ao magistrado supostas negociação de penalidades com advogados e procuradores e atuação para "influenciar" o resultado da eleição para o governo do Rio em 2018.

Duas reclamações são de autoria da OAB e do prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD).

A terceira foi aberta pelo próprio CNJ, a partir de relatório de correição feita na 7ª Vara Federal Criminal do Rio, da qual o magistrado é titular.

Bretas nega qualquer irregularidade.

O juiz colocou no banco dos réus e condenou a penas severas empresários, doleiros e políticos. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 24 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/