Justiça quebra sigilo de dados de fazendeiro que ameaçou ‘dar tiro’ em Lula

BrasilSaiba mais

Justiça quebra sigilo de dados de fazendeiro que ameaçou ‘dar tiro’ em Lula

Arilson Strapasson terá que usar tornozeleira eletrônica até o dia 14 de agosto 

Foto: Reprodução/Redes sociais

A Justiça Federal de Santarém autorizou a quebra de sigilo dos dados do fazendeiro Arilson Strapasson, que foi detido na semana passada após fazer ameaças ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

De acordo com a ordem judicial, a juíza federal Mônica Guimarães Lima concedeu permissão para a divulgação dos dados de Strapasson para que a progressão da investigação sobre os possíveis motivos e conexões por trás das ameaças dirigidas ao presidente fosse garantida.

O fazendeiro foi detido pela Polícia Federal em Santarém (PA) e, conforme a decisão de Mônica, foi liberado no dia 4.

De acordo com informações da PF, ele teria questionado frequentadores de um bar sobre o local onde Lula ficaria hospedado durante sua visita à cidade na segunda-feira (7), antes da Cúpula da Amazônia, realizada em Belém (PA). O fazendeiro também teria feito declarações de que "atiraria" na barriga do presidente.

Na decisão a justiça determinou o acesso a celulares do fazendeiro, a proibição de aproximação do fazendeiro ao distrito de Alter do Chão, em Santarém, e o uso tornozeleira eletrônica pelo prazo de 10 dias corridos, contados a partir de 4 de agosto.

"Não poderá o investigado se aproximar, no período acima indicado, do distrito de Alter do Chão, podendo apenas se deslocar de Santarém à sua residência no Ramal da Ulbra, não podendo ultrapassar em direção a Alter do Chão", escreveu a magistrada. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 14 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/