Livraria Cultura recorre de decisão judicial que decretou falência da empresa

BrasilSaiba mais

Livraria Cultura recorre de decisão judicial que decretou falência da empresa

Cultura diz que, apesar de ter atrasado pagamentos, não há mais pendências atuais 

Crédito: Reprodução/Redes Sociais

A Livraria Cultura protocolou um recurso, nesta quarta-feira (14), pedindo a suspensão da falência da empresa. A ruína foi decretada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo há uma semana, após o descumprimento do plano de recuperação judicial por parte da companhia. A informação é da Folha de S. Paulo.

Segundo a Folha, a Cultura admite, no recurso, que chegou a atrasar alguns pagamentos previstos no plano de recuperação por causa da pandemia e da crise no país, mas diz que não há mais pendências judiciais atualmente.

A empresa ainda argumentou, no documento, que a dívida com o Banco do Brasil está sendo negociada diretamente com a instituição financeira e que faltariam apenas os pagamentos a credores que, segundo a livraria, não apontaram dados bancários ou apresentaram informações inconsistentes.

Na capital baiana, a única unidade da Livraria Cultura que existia no Salvador Shopping foi fechada em junho de 2021, durante a pandemia da Covid-19.
 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 26 Fevereiro 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/