Vai pegar estrada no Carnaval? Veja infrações que mais geram multas

BrasilTrânsito

Vai pegar estrada no Carnaval? Veja infrações que mais geram multas

Ocorreram 32,9 milhões de autuações para motoristas que excederam até 20% limites de velocidade

Crédito: Divulgação

Se você vai pegar a estrada neste feriado prolongado de Carnaval, cuidado com o pé no acelerador. Transitar em velocidade superior à máxima permitida, em até 20%, foi a principal infração de trânsito registrada no país em 2022.

De acordo com a Senatran (Secretaria Nacional de Trânsito), ocorreram quase 32, 9 milhões de autuações aplicadas a motoristas que excederam em até 20% os limites de velocidade no ano passado no país.

Essa é uma infração de trânsito média, com multa de R$ 130,16 e cinco pontos no prontuário da Carteira Nacional de Habilitação do motorista.

Somente em estradas federais, segundo a Polícia Rodoviária Federal, no mesmo período ocorreram mais de 402 mil registros de motoristas que dirigiam em até 20% da velocidade máxima indicada nas placas ao longo da rodovia. E desse total, 42% destas multas foram em trechos paulistas -165,5 mil.

Se o condutor deve ficar atento aos limites de velocidade, ele também não pode ter pressa no momento de fazer uma ultrapassagem. Além do risco de uma colisão frontal, essa é a segunda maior infração de trânsito que resultou em multas no ano passado em rodovias federais pelo país, com quase 185 mil registros.

Conforme o último anuário da Polícia Rodoviária Federal, a colisão frontal foi a principal causa de mortes em rodovias federais em 2021, com 1.585 óbitos em 4.337 batidas.

"Infelizmente, o motorista leva em consideração o momento, sem avaliar o risco, mas quando o responsável pela estrada pensou o trânsito do local e colocou as faixas duplas, é porque que ali é um ponto crítico, não se pode ultrapassar", afirma o advogado Antonio José Dias Junior, coordenador da Comissão de Direito do Trânsito da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em São Paulo.

Em uma viagem sem riscos, aconselha, é preciso respeitar os limites de velocidade e fazer ultrapassagens com segurança em pistas de mão dupla.

Também é necessário checar as condições do veículo e a documentação, tanto do motorista quanto do carro, itens que estão na lista das dez maiores autuações no ano passado em rodovias federais.

Preste atenção se o cinto de segurança está afivelado, inclusive para quem viaja no banco traseiro. Essa é uma infração grave "bem ranqueada", com R$ 195,23 de multa e cinco pontos na CNH.

Segundo a NHTSA (National Highway Traffic Safety Administration), responsável por dados relativos à segurança de trânsito nos Estados Unidos, o uso de cinto de segurança no banco traseiro pode ter 43% de eficácia na redução de mortes em casos de colisões ou outros sinistros.

No caso das estatísticas da Senatran, com trânsito urbano incluído e não apenas as estradas, o ranking pontua infrações como de estacionamento irregular, que pode ser o caso do turista que deixa o carro em qualquer lugar para não ficar longe da praia num feriadão como o de Carnaval.

Falta educação para o trânsito, inclusive nas escolas, e consciência de condutores, na visão de Ademir Rafael dos Santos, presidente da Comissão de Direito do Trânsito da OAB-SP.

"O brasileiro nasce com o estigma de querer tirar vantagem e assumir o risco de atingir uma velocidade acima da média, por exemplo, pensando que não terá problema", diz.

"A fiscalização de trânsito é importante, uma forma coercitiva de educar, mas o investimento em educação em geral deveria ser tão grande quanto o usado em equipamentos que flagram a infração", afirma.

PRINCIPAIS MULTAS APLICADAS NO PAÍS EM 2022

Transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20%
32.893.446 autuações
Infração média
R$ 130,16 de multa
5 pontos na CNH

Transitar em velocidade superior à máxima permitida em mais de 20%, até 50%
5.263.974 autuações
Infração grave
R$ 195,23 de multa
5 pontos na CNH

Transitar em local/horário não permitido
4.873.744 autuações
Infração média
R$ 130,16 de multa
5 pontos na CNH

Avançar o sinal vermelho do semáforo/parada obrigatória
4.522.273 autuações
Infração gravíssima
R$ 293,47 de multa
7 pontos na CNH

Deixar o condutor ou passageiro de usar o cinto de segurança
3.117.409 autuações
Infração grave
R$ 195,23 de multa
5 pontos na CNH
Retenção do veículo até colocação do cinto pelo infrator

Estacionar em desacordo com a regulamentação
3.027.546 autuações
Segundo o artigo 181 do Código Brasileiro de Trânsito, a infração varia de leve à gravíssima, dependendo de onde o veículo estiver estacionado

Não identificação do condutor infrator em multa imposta à pessoa jurídica
2.946.723 autuações
Segundo o artigo 237 do Código Brasileiro de Trânsito, se o infrator não tiver sido identificado, e o veículo for de propriedade de pessoa jurídica, será lavrada nova multa, mantida e originada pela infração

Dirigir veículo segurando telefone celular
2.175.581 autuações
Infração gravíssima
R$ 293,47 de multa, multiplicado por cinco vezes, que dá o total de R$ 1.467,35
7 pontos na CNH

Transitar na faixa ou via exclusiva regulamentada para transporte público coletivo de passageiros
2.109.060 autuações
Infração gravíssima
R$ 293,47 de multa, multiplicado por cinco vezes, que dá o total de R$ 1.467,35
7 pontos na CNH

Deixar de efetuar registro do veículo em 30 dias
1.862.865 autuações
Infração média
R$ 130,16 de multa
5 pontos na CNH

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 16 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/