'Enem dos concursos': número de cidades que terão provas sobe para 220

Concurso e EmpregoServiço público

'Enem dos concursos': número de cidades que terão provas sobe para 220

Veja taxas de inscrição e cronograma

Crédito: Albino Oliveira/MGI

O governo federal detalhou na tarde desta quarta-feira (10) como será o Concurso Público Nacional Unificado (CPNU), o "Enem dos concursos". Entre as novidades anunciadas, está o aumento do número de cidades em que as provas serão realizadas, que chegou a 220.

Também foram divulgados os valores das taxas de inscrição, a reserva de vagas e como serão as provas, em 5 de maio. As inscrições começam em 19 de janeiro e seguem até 9 de fevereiro.

A banca responsável pelo concurso é a Fundação Cesgranrio. Foram ofertadas 6.640 vagas de nível médio e superior em 21 órgãos do governo federal.

EDITAIS - Os editais do concurso estão previstos para serem publicados ainda nesta quarta-feira em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), segundo o Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI). A divulgação não havia ocorrido até a última atualização desta reportagem.

Serão oito documentos – um para cada bloco temático (área de atuação) nos quais os candidatos podem se inscrever:

1. Infraestrutura, Exatas e Engenharias (727 vagas)

2. Tecnologia, Dados e Informação (597 vagas)

3. Ambiental, Agrário e Biológicas (530 vagas)

4. Trabalho e Saúde do Servidor (971 vagas)

5. Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (1.016 vagas)

6. Setores Econômicos e Regulação (359 vagas)

7. Gestão Governamental e Administração Pública (1.748 vagas)

8. Nível Intermediário (692 vagas)

Blocos temáticos do Concurso Público Nacional Unificado

220 CIDADES - Foram anunciadas mais três cidades que receberão as provas: Santos (SP), Petrópolis (RJ) e Blumenau (SC).

QUANTO CUSTA A INSCRIÇÃO - Outra novidade anunciada foram os valores das taxas de inscrição: R$ 60 para nível médio e R$ 90 para nível superior.
Poderão pedir isenção da taxa inscritos no CadÚnico, doadores de medula óssea e quem for ou já tenha sido bolsista do Prouni ou Fies.

PARA QUAL ÁREA CONCORRER - Os candidatos vão pagar uma única taxa para concorrer a quantas vagas quiser em diferentes órgãos federais, desde que sejam dentro de uma mesma área de atuação (bloco temático).

Do total de vagas, 5% serão reservadas para pessoas com deficiência (PCDs) e 20% para pessoas negras. Nos cargos da Funai, 30% das oportunidades serão destinadas para indígenas.

COMO SE INSCREVER - Para se inscrever, o candidato precisa ter uma conta no Gov.br, de qualquer nível (ouro, prata ou bronze). Ele deverá escolher o bloco temático e, depois, os cargos. Em seguida, ordenar a sua preferência entre os cargos e entre as especialidades.

Segundo o governo, o participante poderá escolher apenas um bloco temático no momento da inscrição. A aprovação ocorrerá conforme a indicação de preferência do candidato.

APLICAÇÃO DAS PROVAS - O governo diz que se inspirou no Enem para fazer o modelo de provas do concurso unificado. Elas serão aplicadas no dia 5 de maio em dois turnos:

Matutino (2h30 de prova)

• Nível superior: provas objetivas de conhecimentos gerais (20 questões) + prova discursiva de conhecimentos específicos do bloco.

• Nível médio: provas objetivas (20 questões) + redação.

Vespertino (3h30 de prova):

• Nível superior: provas objetivas de conhecimentos específicos (50 questões).

• Nível médio: provas objetivas (40 questões).

As avaliações são de caráter classificatório e eliminatório e contemplam a 1ª fase da primeira etapa do concurso unificado, que terá validade de 12 meses.

As demais fases são:

• perícia médica (avaliação biopsicossocial) para a reserva de vagas das pessoas com deficiência;

• procedimento de verificação da condição declarada para as pessoas negras;

• e procedimento de verificação documental complementar para indígenas.

Além disso, para alguns cargos, haverá uma segunda etapa, de avaliação de títulos.

Cronograma

• Inscrições: 19/1 a 9/2/2024

• Divulgação dos dados finais de inscrições: 29/2/2024

• Divulgação dos cartões de confirmação: 29/4/2024

• Aplicação das provas: 5/5/2024

• Divulgação dos resultados das provas objetivas e preliminares das provas discursivas e redação: 3/6/2024

• Divulgação final dos resultados: 30/7/2024

• Início da convocação para posse e cursos de formação: 5/8/2024

Canal de dúvidas

O Ministério da Gestão possui um canal oficial de atendimento para dúvidas e denúncias sobre o concurso: concursonacional@gestao.gov.br. O endereço do site oficial é o link.

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 20 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/