Feira de Santana gerou 533 novos empregos formais em abril, segundo Caged

Concurso e EmpregoDados atuais

Feira de Santana gerou 533 novos empregos formais em abril, segundo Caged

O valor é resultado de 4.113 admissões contra 3.580 desligamentos

Crédito: Divulgação

O município de Feira de Santana gerou 533 novos empregos no mês de abril de 2022, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (6) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), ferramenta da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia. O valor é resultado de 4.113 admissões contra 3.580 desligamentos.

Apesar do número positivo, a geração de novos empregos no município, no último levantamento do Caged, registrou uma retração de 51%, se comparado ao mês de março, quando foram gerados 1.088 novos postos de trabalho. No acumulado de 2022, nos quatro meses avaliados desde janeiro, foram 18.437 admissões contra 15.708 desligamentos, um saldo positivo de 2.729 vagas de emprego geradas.

A ferramenta traz dados do emprego formal no Brasil, com registro em Carteira de Trabalho. Até abril, segundo a ferramenta, eram 118.967 trabalhadores feirenses com vínculos celetistas ativos, ou seja, estão trabalhando com CTPS assinada.

Na análise por setor da economia, a Construção registrou saldo negativo, com 373 admitidos e 411 demitidos, com 38 postos de trabalho encerrados. A Agropecuária, com 22 contratações e 24 demissões, também fechou o mês analisado no negativo, com -2, Indústria, com 508 admissões e 486 demissões, teve saldo de 22, Comércio, com 1.288 admissões e 1.089 demissões, registrou saldo positivo de 199 postos de trabalho e Serviços, com 1.922 contratações e 1.570 desligamentos, encerrou o mês de abril com saldo de 352.

Com relação as contratações em abril, das 4.113 admissões, 2.407 (58.52%) foram homens e 1.706 (41.47%) mulheres. 1.271 (30.9%) trabalhadores tinham entre 18 a 24 anos e 3.115 (75.73%) com ensino médio completo. Trabalhador de Serviços Administrativos foi a ocupação que mais admitiu, com 1.395 novos contratados.

Sobre as demissões em abril, dos 3.580 desligamentos, 2.190 (61.17%) foram homens e 1.390 (38.82%) mulheres. 1.117 (31.20%) trabalhadores que foram demitidos tinham entre 30 a 39 anos, sendo 2.628 (73.40%) com ensino médio completo. Trabalhador de Serviços Administrativos foi a ocupação com mais demitidos, com 1.092 desligamentos. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 08 Fevereiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/