Ministério da Educação abre inscrição para concurso com 220 vagas e salário de R$ 6.255,90

Concurso e EmpregoAté 28 de agosto

Ministério da Educação abre inscrição para concurso com 220 vagas e salário de R$ 6.255,90

Para participar, o candidato precisa ter concluído o ensino superior em qualquer área de formação

Crédito: Divulgação

O Ministério da Educação (MEC) abre, nesta quarta-feira (9), as inscrições para concurso público com 220 vagas para o cargo de técnico em assuntos educacionais. O salário oferecido é de 6.255,90. O prazo para se inscrever vai até as 18h do dia 28 de agosto.

A taxa de participação é de R$ 80. As inscrições devem ser feitas no site do Cebraspe, organizador da seleção.

Para participar, o candidato precisa ter concluído o ensino superior em qualquer área de formação.

Os aprovados serão contratados para trabalhar na sede da instituição, em Brasília, no Distrito Federal. As provas também serão aplicadas na capital federal. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais. A remuneração é divida em R$ 2.419,90 de salário-base mais R$ 3.836, que corresponde à gratificação de desempenho do plano geral de cargos do poder Executivo.

Dentre as atribuições do técnico em assuntos educacionais estão a realização de atividades pedagógicas, de orientação educacional, administração escolar e administração sanitária, mas sob a supervisão de algum superior.

A aplicação das provas está prevista para 8 de outubro. O horário não foi informado. Serão duas provas, uma objetiva e outra discursiva, ambas de caráter eliminatório e classificatório. A prova objetiva terá 50 questões de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos.

Elas serão corrigidas por meio de processamento eletrônico das folhas de respostas. A nota de cada questão considerada correta será 1. Será reprovado quem fizer menos de dez pontos na prova objetiva de conhecimentos básicos, tiver menos de 21 pontos na prova objetiva de conhecimentos específicos e/ou menos de 36 pontos nas duas provas.

Do total de vagas, 165 são de ampla concorrência, 11 para pessoas com deficiência e 44 para negros, o que engloba autodeclarados pretos e pardos. Quem optar pela concorrência por cota de cor/raça deverá passar pelo procedimento de heteroidentificação. Neste caso, se não for reconhecido como negro, poderá seguir concorrendo com os demais candidatos na ampla concorrência.

O resultado final do concurso irá classificar o dobro de candidatos. Ao todo, serão 330 aprovados na ampla concorrência, 22 na cota por deficiência e 88 no caso de negros. O prazo de validade da seleção é de dois anos, a contar da data final de homologação. Com isso, quem for aprovado ainda pode ser convocado neste prazo.

GOVERNO PREVÊ 2.480 VAGAS EM CONCURSO NESTE ANO

Em julho, o governo federal autorizou a abertura de 2.480 novas vagas em concursos públicos em 2023. O anúncio, feito pela ministra Esther Dweck, da Gestão e Inovação em Serviços Públicos, inclui a reestruturação de cargos e investimentos de R$ 1,15 bilhão para contratar funcionários em 20 órgãos.

As chances oferecidas são para profissionais com nível médio, técnico ou superior. Os salários vão de R$ 3.727,83, para nível médio, a R$ 20.924,80, para ensino superior. Cargos de nível técnico têm salário de R$ 5.488,70. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 23 Fevereiro 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/