Livro sobre saúde da população negra será lançado em Feira de Santana

Cultura e EventosSaiba mais

Livro sobre saúde da população negra será lançado em Feira de Santana

O evento será transmitido ao vivo, às 19h, através do YouTube

Crédito: Divulgação
O Instituto de Saúde Coletiva (ISC) da Universidade Federal da Bahia (UFBA) promove, na próxima segunda-feira (31), o lançamento do livro ''Negligências e vulnerabilidades: aportes epidemiológicos para a saúde da população negra no Norte-Nordeste do Brasil (volume II)''. A publicação tem como uma das organizadoras a professora doutora Edna Maria Araújo, que integra o Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). O evento será transmitido ao vivo, às 19h, através do canal do Instituto de Saúde Coletiva no YouTube.

O lançamento contará com a participação dos organizadores Hilton Silva, Alder Souza, Edna Araújo, Joilda Nery e Leny Trad, e demais autores que assinam os capítulos. A obra é produzida por pesquisadores de cinco universidade públicas das regiões Norte e Nordeste: Universidade Federal do Pará (UFPA), Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Universidade Federal de Sergipe (UFS), Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Universidade Estadual do Pará (UEPA).

O livro ''Negligências e vulnerabilidades: aportes epidemiológicos para a saúde da população negra no Norte-Nordeste do Brasil (volume II)'' aborda, ao longo de 7 capítulos, questões relevantes relacionadas à saúde da população negra no Brasil, incluindo análises das principais doenças transmissíveis, morbidade hospitalar segundo a raça/cor, o impacto da covid-19 em comunidades quilombolas, tuberculose infantil, mortalidade por homicídio, vulnerabilidade social e saúde em comunidades quilombolas do Nordeste brasileiro, além de destacar a relação entre racismo, violência e saúde mental de jovens negros.

Essa é a segunda publicação derivada de uma iniciativa do Programa de Cooperação Acadêmica da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Procad/Capes), a partir de uma rede multicêntrica de pesquisa e formação voltada para a temática ''Vulnerabilidade e repercussões para a saúde: população negra, quilombola, indígena e outros grupos vulnerabilizados. ''A primeira produção bibliográfica denominada ''Saúde-doença-cuidado de pessoas negras: expressões do racismo e de resistência (volume I)'' foi publicada em dezembro de 2021.

Lançado pela Editora da Universidade Federal da Bahia (Edufba), o livro ''Negligências e vulnerabilidades: aportes epidemiológicos para a saúde da população negra no Norte-Nordeste do Brasil (volume II)'' será disponibilizado, gratuitamente, até o dia do evento. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 18 Mai 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/