Alimentação no domicílio surpreendeu bastante, está com deflação em 12 meses, diz diretor do BC

EconomiaConsumo

Alimentação no domicílio surpreendeu bastante, está com deflação em 12 meses, diz diretor do BC

As expectativas mais longas do mercado para a inflação estão estáveis

Crédito: Raphael Ribeiro/BCB

O diretor de Política Econômica do Banco Central, Diogo Abry Guillen, disse na manhã desta sexta-feira (1) que, após o pico na metade de 2022, a inflação brasileira vem caindo desde então, mas segue acima do centro da meta inflação.

"A alimentação no domicílio surpreendeu bastante, está com deflação em 12 meses. Já a inflação de serviços segue resiliente, relacionada ao consumo e a medidas contracíclicas ainda em vigência", afirmou, em palestra no evento Barclays Day, na capital paulista.

Diogo Abry Guillen lembrou, ainda, que as expectativas mais longas do mercado para a inflação estão estáveis, mas ainda permanecem acima da meta: em 3,5% para 2025, 2026 e 2027, ante um objetivo contínuo de 3,0%. 

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 05 Março 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/