Trabalhadores com carteira assinada no Brasil caem 2,8 milhões em 8 anos

EconomiaEm queda

Trabalhadores com carteira assinada no Brasil caem 2,8 milhões em 8 anos

Dados são da LCA Consultores a partir dos dados da PNAD

Crédito: Divulgação

O número de postos de trabalho com carteira assinada no Brasil caiu 2,8 milhões nos últimos 8 anos, segundo levantamento da LCA Consultores a partir dos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) do IBGE.

Os trabalhadores sem registro ou por conta própria cresceram 6,3 milhões no mesmo período.

Em 2014 o país atingiu o pico de trabalhadores com carteira assinada, 43% na época. No primeiro trimestre de 2022, o índice caiu para 38,1%, que correspondem a 36,3 milhões dos brasileiros, contra os 39,1 milhões em 2014.

No período pré-pandemia, o índice era 38,7%. Nos 8 anos, a categoria de trabalhadores por conta própria saltou de 22,5% para 26,5% do total de ocupados. Em seguida, os empregados sem carteira assinada, que subiram de 11,6% para 12,8%.

Juntas, as duas categorias totalizam 37,5 milhões de cidadãos ou 39,3% da população empregada, maior que o número de trabalhadores com carteira assinada. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 03 Julho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/

Cron Job Iniciado