Comissão do INEP define estratégia para padronizar avaliação da alfabetização

EducaçãoSaiba mais

Comissão do INEP define estratégia para padronizar avaliação da alfabetização

Metodologia foi proposta para equalizar resultados das avaliações estaduais com o Saeb

Crédito: Eduardo Colin/Consed

A Comissão de Apoio à Articulação entre os Sistemas de Avaliação da Educação Básica aprovou, na última sexta-feira (23), a metodologia proposta pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para a equalizar os resultados das avaliações estaduais com o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), realizado pela autarquia.

O grupo é formado por representantes do Inep; do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed); da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime); e do Conselho Nacional de Secretários de Educação de Capitais (Consec).

"A nossa expectativa é que a comissão estabeleça os caminhos para a divulgação de resultados já equalizados, ainda no primeiro semestre de 2024", comentou Isabel Chagas, chefe da Assessoria de Governança e Gestão Estratégica do Inep. Estatísticos especialistas em avaliação educacional elaboraram o modelo de ponderação que será utilizado.

Criança alfabetizada – Outro tema abordado durante o encontro foi a construção de um indicador que aponte o percentual de alunos alfabetizados ao fim do 2º ano do ensino fundamental no Brasil. O índice seria gerado justamente a partir dos dados apurados pelas avaliações estaduais, em 2023, e apresentado neste ano de 2024.

O objetivo é que ele, mesmo após uma primeira divulgação, siga em desenvolvimento, a partir das demandas alinhadas pela comissão e pelas redes de ensino. "O nosso papel não se limita a esse processo que está em curso neste momento. A nossa proposta também é discutir o avanço na integração dos sistemas, ao longo de 2024, considerando que teremos avaliações padronizadas com esforços anuais e o Saeb a cada dois anos", disse Clara Machado, coordenadora-geral do Saeb.

Integração – A articulação entre o Saeb e as avaliações estaduais é um eixo do Compromisso Nacional Criança Alfabetizada (Decreto nº 11.556/2023), programa do governo federal lançado, em junho de 2023, pelo MEC para apoiar as ações nos municípios, nos estados e no Distrito Federal, com a finalidade de promover a alfabetização. O Inep coordena as iniciativas de alinhamento prestando apoio técnico, além de possibilitar a troca de experiência entre as equipes nacionais e estaduais no que se refere às avaliações.

Painel estatístico – Uma novidade apresentada durante a reunião foi o novo Painel de Estatísticas da Educação Básica. A plataforma permite o acesso a dados de todas as etapas de ensino, com ampla abrangência de informações e com a possibilidade de filtro das informações que vão dos níveis municipais ao nacional.

Saeb – Realizado desde 1990, o Sistema de Avaliação da Educação Básica é uma avaliação em larga escala que oferece subsídios para a elaboração, o monitoramento e o aprimoramento de políticas educacionais. Permite que os diversos níveis governamentais avaliem a qualidade da educação praticada no país, a partir de evidências.

Entre outros aspectos, também possibilita a compreensão sobre as condições de acesso à escola e de permanência nela, além de avaliar o quão eficiente é o ensino. Por meio de testes e questionários, a avaliação reflete os níveis de aprendizagem demonstrados pelo conjunto de estudantes no contexto escolar.

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 14 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/