Doação de livros e exibição de filme marcam retorno do projeto de leitura nas bibliotecas

EducaçãoSaiba Mais

Doação de livros e exibição de filme marcam retorno do projeto de leitura nas bibliotecas

Iniciativa estimula a leitura nas bibliotecas dos distritos, em parceria com a direção das escolas da região

Foto: Valdenir Lima/PMFS

Uma sessão de cinema com direito a pipoca, guaraná e doação de livros marcou a retomada do projeto de leitura nas bibliotecas municipais. O encontro reuniu alunos da 1° série da Escola Municipal Doutor Francisco Martins da Silva, localizada no distrito de Maria Quitéria (São José) na última quarta-feira, 10.

Os estudantes assistiram ao filme Toy Story (1995) e ganharam o livro com a temática do filme para ler em casa com a família e os amigos. O conteúdo do livro também será trabalhado em sala de aula. A iniciativa é do projeto Crepitar - que significa ruídos provocados pelo fogo, remetendo ao processo de aprendizado e ideias - da Fundação Egberto Costa (Funtitec), autarquia da Prefeitura.

"O filme Toy Story foi escolhido por passar a mensagem da amizade e do senso de coletividade que são valores importantes, além de estimular a imaginação das crianças", explica a bibliotecária e idealizadora do projeto, Maura Cedraz.

O Crepitar sugiu no ano passado com a proposta de leitura nas bibliotecas dos distritos, em parceria com a direção das escolas da região. Os encontros ocorrem uma vez ao mês em cada biblioteca, com contação de histórias para os alunos que depois levam o livro para casa e para a escola, para que o professor trabalhe o tema em sala de aula. Este ano tem parceria do Boulevard Shopping, que cede livros infantis de forma gratuita para que famílias com menos condições tenham acesso.

"O objetivo do projeto é cultivar o hábito da leitura na criança, abrindo um leque de possibilidades dentro e fora da escola. A partir do momento que a criança tem o contato com o livro, e o leva para casa, está divulgando a leitura para a família e os amigos", considera a bibliotecária.

De acordo com Maura Cedraz, o hábito da leitura estimula o desenvolvimento, o conhecimento e o letramento. E considera uma responsabilidade dos pais e educadores inseri-las no mundo dos livros desde cedo.

"É a partir do letramento que acontece a transformação. O conhecimento a gente adquire através da leitura, é através da leitura que a vida muda. A pessoa forma a sua opinião. A leitura te dá essas possibilidades. É responsabilidade do educador, dos pais e da família em inserir a criança nesse mundo", considera.


Por: PMFS

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 20 Mai 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/