Escola João Paulo I completa 50 anos em Feira de Santana

Educação​Conhecimento

Escola João Paulo I completa 50 anos em Feira de Santana

A escola mantém a tradição, mas não deixa de se ater às novidades 

Crédito: Mário Sepúlveda/FE
Na última sexta-feira (4), foram celebrados os 50 anos da Escola João Paulo I, uma das mais antigas e respeitadas instituições da cidade, que mesmo buscando se ater às tecnologias, mantém diretrizes consideradas fundamentais que tornaram o JPI muito mais que uma escola, uma grande família. Diversidade e respeito aos discentes, docentes e responsáveis pelos alunos são marcas da instituição. Tudo começou com um sonho, que quando somado à força, dedicação e boas intenções, acabou acontecendo. Enedite Braz foi a grande idealizadora e diretora desse projeto tão importante. "É um sonho de menina que se transformou em uma grande realidade e hoje, nós podemos comemorar 50 anos desse sonho", conta.

A escola mantém a tradição que encanta o povo feirense, mas não deixa de se ater às novidades. "A escola João Paulo é demarcada por ser autoral, ela pensa em seus projetos. Mas, eu não posso esquecer que hoje nós estamos no mundo da tecnologia, então acabou se tornando também uma escola digital. Não dá mais para gente separar e retirar a tecnologia. Somos também uma escola da diversidade. Esse respeito ao outro, a forma de ser de cada um, as opções de cada um. Então essa é uma coisa muito forte, nós somos a escola que traz a marca do respeito", contou a diretora.

E as marcas fazem mesmo a diferença. A JPI antes só oferecia Ensino Fundamental I, mas os alunos não aceitaram ter que deixar o grupo, quando juntos conseguiram que o Ensino Fundamental II fosse ofertado. "A criação do fundamental II foi um sonho dos nossos alunos do fundamental I. Eles passaram mais ou menos quatro ou cinco anos com os pais fazendo abaixo-assinados para que a escola criasse o fundamental II. E então, um dia passando aqui pelo bairro da Kalilândia, encontrei o terreno onde nós construímos essa casa, olhei e soube que ele daria uma grande escola, porque no prédio onde a escola funcionava não tinha condições de acolher alunos do fundamental II. Foi quando nós compramos o terreno e começamos mais esse projeto", lembrou.

Inclusão

Atualmente, a inclusão escolar é um movimento mundial que prevê a integração de alunos com necessidades educacionais especiais em sala de aula e visa garantir que - de modo igualitário e dentro de um mesmo contexto escolar - toda criança possa usufruir das mesmas experiências e condições de aprendizagem dos demais alunos. A lei prevê a inclusão em ambiente escolar, contudo, antes mesmo disso, a JPI já olhava de forma humana e cuidadosa para os alunos.

"Antes de ser lei, nós já éramos uma escola inclusiva, nós tínhamos três, quatro intérpretes de libras, pois nós tínhamos alunos surdos e isso sem nenhuma, lei. Era apenas porque a gente acreditava no que a constituição nos diz, que educação é para todos. O lema desta escola é que todo mundo precisa aprender e a escola vem se adequando a todas essas realidades", afirmou Enedite.

E quem já fez parte do quadro de alunos da instituição, também valoriza todo o trabalho e conceitos pregados pela instituição. "Numa pesquisa feita há uns três anos, nós tínhamos aqui na Escola 53% de alunos que eram filhos de ex-alunos", disse a diretora. Esta é a prova que quando feitas com amor, empenho e as motivações certas, o sucesso é garantia.

Ex-alunas da insituição afirmam que mesmo após a saída da Escola, o coração ainda bate forte pela instituição. "Fazer parte da história da Escola João Paulo I é um privilégio e uma honra, pois essa Instituição forma cidadãos com base no maior dom: AMOR! Nós que passamos pela JPI nos sentimos orgulhosas e apaixonadas por termos vivenciado momentos inesquecíveis e especiais! Momentos esses que marcaram a nossa vida até mesmo quando saímos da Escola. Obrigada, João Paulo I, por nos amar, nos acolher e ter se tornado nosso eterno lar", diz a carta assinada pelas ex-alunas Ane Dandara, Indira Tainá e Maiana Raiara, que se dizem "eternas alunas".
 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 02 Julho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/

Cron Job Iniciado