Escolas municipais promovem ações de conscientização e combate à dengue

EducaçãoFeira de Santana

Escolas municipais promovem ações de conscientização e combate à dengue

Estudantes espalham o que aprenderam por toda a escola e também em casa

Crédito: Divulgação

Diante do crescimento dos casos de dengue, as escolas da rede pública municipal de Feira de Santana também estão promovendo ações de conscientização e combate à dengue. O objetivo é orientar os estudantes para que possam se proteger da doença, saber reconhecer sintomas, além de serem multiplicadores de informações na comunidade externa.

Na Escola Municipal Edelvira de Oliveira, no bairro Queimadinha, as turmas do sexto e sétimo ano estão aprendendo sobre os perigos da dengue e como práticas simples podem eliminar os focos do mosquito Aedes Aegypti.

"Esse tem sido um assunto bastante atual e a gente tem visto os prejuízos causados à comunidade e a escola desempenha um papel muito importante nesse contexto que é mostrar o que é a dengue, os aspectos relacionados ao mosquito, trazer a consciência que a gente pode começar as ações de prevenção, pouco a pouco, no dia a dia, dentro da própria casa", explica a diretora da unidade escolar, Ione Marques.

As informações ultrapassam as paredes das salas de aula. Empenhados no combate a dengue, os estudantes espalham o que aprenderam por toda a escola e também em casa.

"Colamos cartazes com informações de prevenção nas paredes da escola para que os nossos colegas também saibam. Além disso, também oriento a minha família e, às vezes, eu mesma verifico em casa se não tem água parada. Esses dias olhamos como estava a caixa d'água, fizemos a limpeza de alguns espaços também para que o mosquito não coloque seus ovinhos lá", conta a estudante do sexto ano A, Gabrielly Souza Gomes.

Na Escola Municipal Adenil da Costa Falcão, no bairro Brasília, as aulas de Ciências e Artes para as turmas de terceiro, quarto e quinto ano também abordaram sobre a dengue e as consequências na comunidade local. Através de músicas, cartazes, pesquisas e debates, os estudantes compartilharam o conhecimento absorvido.

"O ambiente escolar é um ambiente para além da sala de aula. Por isso, é muito importante que questões sanitárias, de saúde, de uma forma geral, estejam presentes no dia a dia das crianças. A dengue hoje é um assunto, não só de Feira de Santana, mas do país e precisa ser focado dentro da sala de aula para que as crianças integrem essa força-tarefa para ajudar no processo de cuidado com os ambientes, com a conscientização das famílias e assim a gente fazer uma corrente ativa para ajudar o poder público e os setores de saúde", pontua a diretora da escola, Geruza Ferreira.

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 15 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/