Professores da rede municipal de Feira de Santana mantêm estado de greve

EducaçãoProfissionais em alerta

Professores da rede municipal de Feira de Santana mantêm estado de greve

Ano letivo pode não começar dia 21 de março 

Crédito: Divulgação
A diretoria da APLB Feira realizou Assembleia dos trabalhadores em educação da Rede Municipal na última segunda-feira (14) no auditório da nova sede do sindicato para discutir a pauta da categoria. O dia foi marcado pelo início da Jornada Pedagógica da Secretaria de Educação e a diretoria da APLB Feira convocou a categoria para Assembleia, que registrou a adesão de um grande grupo de professores.

A Assembleia aprovou por unanimidade as propostas de: manutenção do Estado de Greve e participação na Paralisação Nacional da Educação na próxima quarta-feira (16) a partir das 7 horas.

As aulas na rede municipal estão previstas para serem retomadas na próxima segunda-feira (21) mas segundo a categoria, caso nenhuma resposta seja dada pelo Governo Municipal sobre pauta que consiste nos Precatórios do Fundef, Reajuste salarial, Enquadramento, Licença Prêmio e Pecúnia, Mudança de Referência, pagamento integral dos salários, dentre outras questões da categoria, os trabalhadores em educação poderão não iniciar o ano letivo de 2022. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 02 Julho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/