Fiocruz demonstra preocupação com vacinação contra Covid-19 estagnada

COVID-19Brasil

Fiocruz demonstra preocupação com vacinação contra Covid-19 estagnada

Em relação à dose de reforço, ação ainda sofre desaceleração

Crédito: Agência Brasil

A Fiocruz demonstrou preocupação com a situação atual da vacinação contra a Covid-19 no Brasil. De acordo com o boletim divulgado nesta quinta-feira (19), pela fundação, a imunização contra a doença está estagnada e, em relação à dose de reforço, ainda sofre uma desaceleração.

Por considerar a vacinação a "principal ferramenta no controle da pandemia", a Fiocruz recomenda que o momento de suspensão da obrigatoriedade do uso de máscaras em diversos estados deveria ser acompanhado pela adesão à ação.

Segundo dados do boletim, a primeira dose teve melhor adesão entre de junho até setembro de 2021, quando houve um aumento médio de 3% nas aplicações a cada semana. Já o pior período é o atual, que começou em fevereiro, com crescimento médio de 0,3% por semana. A adesão às doses únicas ou segundas doses se assemelham ao padrão analisado nas primeiras aplicações, com pequenas variações.

A terceira dose teve, inicialmente, um crescimento lento, que durou até dezembro do ano passado. Nos próximos meses, houve um aumento maior (2,62% de por semana), até fevereiro. Depois, a fase da vacinação teve uma queda, que permanece até então.
 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 03 Julho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/