O jornalismo político e os bastidores do poder ao longo de 25 anos

Folha do Estado 25 AnosFOLHA DO ESTADO 25 ANOS

O jornalismo político e os bastidores do poder ao longo de 25 anos

Nos cenários municipal, estadual e nacional, o diário se mantém firme

Crédito: Divulgação

Às 8h30 da manhã, começa a rotina na Câmara de Vereadores de Feira de Santana, e a reportagem do Jornal Folha do Estado está lá. Na corrida eleitoral, o Jornal Folha do Estado mostra aos eleitores o dia a dia dos candidatos e está presente em cada apuração, até o resultado final. Nos cenários municipal, estadual e nacional, o diário se mantém firme e buscando a imparcialidade e, hoje, se posiciona como um dos veículos de maior engajamento no noticiário político de Feira de Santana e do interior baiano.

"Quando a gente pensa em política de Feira de Santana, lembra também da cobertura feita pelo Jornal Folha do Estado. Estiveram presentes em todas as eleições que concorri e também nos grandes acontecimentos que marcam meus mandatos, na Câmara de Vereadores, na Assembléia Legislativa e na Câmara de Deputados. É importante demais ter um jornal diário numa cidade como Feira, ainda mais com a resistência e musculatura didática, intelectual, cultural, comercial que ele tem, e claro, politicamente também", disse o deputado federal Zé Neto (PT).

E esta é a linha adotada pelo Jornal Folha do Estado na hora de publicar notícias, quem lê, sabe. "Eu trabalho aqui na secretaria de um colégio, e pego o jornal todos os dias para o meu patrão, mas sempre abro na página de política porque não confio na internet, acho tudo muito confuso. Aqui nesse jornal eu sei que vou encontrar a verdade, já que está documentado, mentir é mais difícil, não pode editar, né? Política é Folha do Estado", disse Cristina de Jesus, que tem 44 anos, mas há 20 é leitora fiel da página política do Folha.

A página política conta com uma coluna que nasce junto com o Jornal: "Ponto e Vírgula", assinada pelo articulista político, ex-vereador e ex-deputado Humberto Cedraz, que é também fundador do Jornal.

"A coluna nasce em 1996, junto com o Jornal e é o único espaço dele que coloco minhas opiniões", afirmou Cedraz e completa falando sobre a importância do jornal na documentação histórica da política e de todo o contexto da cidade e região. "Escrever a história da Cidade e de outras cidades da Bahia é o intuito do jornal Folha do Estado. No início, chamavam o jornal de 'Humberto Cedraz', achando que eu faria política com ele, mas eu dei uma resposta desde o primeiro momento, mostrando que o jornal seria criado para ser o guardião da história de Feira de Santana. Nunca usei o jornal para proselitismo político, tendo em vista que, mesmo tendo sido político militante, nunca utilizei o jornal para forma de ascensão social política. Hoje, o jornal foi abraçado por Feira, e tem marca consolidada como um Jornal que não assume lado, e sim a postura de cobrir, cobrar e escrever a história", lembrou.

E a história mostra a importância do Jornal na cobertura da cidade. É comum ouvir em Tribuna na Casa da Cidadania a frase "saiu no Jornal Folha do Estado…" isso porque, o que sai na versão digital do veículo, está registrado na versão impressa, e o que está na versão impressa, não pode ser editada, apagada ou remodelada. É do jeito que é.

"Eu sempre leio o Jornal quando chego aqui na Câmara, porque mesmo sendo vereador, tem coisas que nós só sabemos mesmo quando sai. Então vamos lá, constatamos e trazemos para Tribuna. Está aqui, está escrito e lutamos", a fala foi do ex-vereador Roberto Tourinho, em entrevista para nossa reportagem política em 2020.

Para o ex-prefeito Zé Ronaldo (DEM), eleito por 4 vezes na cidade, Feira de Santana não pode mais ficar sem a cobertura política do Jornal Folha do Estado. 'É uma grande honra a gente ter em Feira um jornal completando 25 anos, sem dúvidas uma data muito bonita, de sucesso, luta e vontade de vencer. Com certeza o Folha veio para ficar e contribui muito com o jornalismo na nossa região, é inclusive meu companheiro em todas as manhãs. Desejo a família Cedraz e a todos que fazem o Folha, que continuem na luta porque é extremamente importante a continuidade desse serviço. Feira não pode mais deixar de ter a cobertura política do Jornal Folha do Estado", disse.
 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 30 Setembro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/