Micareta 2022 pode acontecer no segundo semestre

MicaretaFeira de Santana

Micareta 2022 pode acontecer no segundo semestre

Festa ainda depende das autoridades sanitárias 

Crédito: FOLHA DO ESTADO
A primeira micareta do Brasil, responsável pela alegria dos feirenses e de quem tem a oportunidade de participar já não acontece há dois anos, por conta da pandemia da COVID-19. Contudo, na quarta-feira (10), começaram as reuniões para decidir sobre a realização da festa no ano que vem, mudança de data, alterações no cronograma da festa (com desfiles de trios e blocos começando mais cedo), ampliação do Esquenta Micareta com mais atrações, estiveram em pauta na Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel).

Segundo o titular da pasta, Jairo Carneiro Filho, a realização da festa momesca no próximo ano, aguarda posicionamentos das autoridades sanitárias que monitoram a retomada das atividades econômicas e culturais, em virtude da pandemia. "Nós estamos ouvindo ainda", afirmou o secretário Jairo Carneiro.

Segundo ele, há uma grande tendência para que a Micareta seja realizada no segundo semestre de 2022. Sobre o local, o secretário diz que é preciso ter cautela. "Esse é um dos pontos que nós estamos ouvindo da sociedade civil, mas que é preciso ter muita cautela, muita serenidade nesse momento e a gente não pode alarmar uma situação que não está sendo pontuada diretamente pelo governo municipal. Ideias surgem e o poder público está analisando, observando.

Para Marcelo Moreira, diretor da Central Mix, "o encontro é muito salutar porque a gente passa por um período de exceção. A gente precisa entender nossos limites é o limite de uma data que já tá sufocada há muitos anos e a gente sem entender isso direito. Essa discussão tem um cunho de renovação do evento e temos que tratar de maneira respeitosa. A gente quer entender se realiza a micareta em abril, mas entendendo que tem uma dificuldade grande. Na verdade, para ver a viabilidade do negócio para não ter prejuízo de nenhuma parte. A ideia do segundo semestre em setembro deve ser analisada com bastante carinho porque a gente vai conseguir sair da pandemia e ter tempo para organizar o evento".

Já Girlânio Guirra, diretor do camarote da Revista Alternativa, não é a primeira vez que se menciona a mudança de data. "É um produto que vem sendo estudado há algum tempo. Mais de 70 micaretas no mês de abril. Mas, a gente sabe que chove muito nesse mês e nada é para sempre. A Micareta deveria ser avaliada há mais de uma década, todos os carnavais fora de época do Brasil se renovaram e a micareta de Feira não conseguiu isso. Precisa de uma data de início de verão, a segunda quinzena de setembro. Vamos fazer essa micareta em setembro, vai estar longe de tudo, e temos aí 10 meses para botar a micareta na rua".

Genildo Melo, presidente da Associação Comercial, afirmou que as entidades representativas do empresariado de Feira de Santana estão acompanhando de perto a situação, e que a Micareta no primeiro semestre é difícil de acontecer. "Temos algumas dificuldades, a Bahia ainda não tem decisão se terá carnaval, ainda com um certo temor com relação ao problema da pandemia, então, estamos seguindo o mesmo caminho. Eu creio que a proposta para que seja realizada no segundo semestre será a mais adequada", elucidou.

Marcelo Alexandrino, ex-presidente da ACEFS - Associação Comercial e Empresarial de Feira de Santana explicou que a reunião tem a intenção de ajudar na tomada de decisões. "O grupo tem discutido fazer uma micareta no segundo semestre, vamos discutir isso em grupo e ver o que será melhor", disse.

O secretário considera necessário antecipar as discussões entre o poder público e a sociedade civil para garantir a organização do evento. "O poder público se coloca à disposição para dialogar sobre a Micareta e estamos tendo o cuidado em debater com os setores envolvidos. No entanto, a festa só vai ocorrer quando tivermos segurança", afirma ao observar que "esse será o grande evento que vai oxigenar o setor cultural". As sugestões e demandas pontuadas serão encaminhadas ao prefeito Colbert Filho, a fim de contribuir em uma possível tomada de decisões. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 30 Setembro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/