Pep Guardiola elogia estilo 'essencial' de Fernando Diniz e enaltece a escola brasileira do Fluminense

Pep Guardiola elogia estilo 'essencial' de Fernando Diniz e enaltece a escola brasileira do Fluminense

Técnico do Manchester City destaca qualidades do tricolor carioca e planeja estratégia para a final do Mundial de Clubes

Crédito: Reprodução/X @elyelsccp

O técnico do Manchester City, Pep Guardiola, teceu elogios ao trabalho de Fernando Diniz no Fluminense, enaltecendo o estilo de jogo do Tricolor como a verdadeira essência do futebol brasileiro. Guardiola destacou a capacidade do Fluminense de jogar de forma cadenciada, com passes curtos e arrancadas rápidas, caracterizando a identidade futebolística do Brasil.

"Está muito bem, é o futebol brasileiro de muito tempo. Sempre lembro do meu pai, me dizia que os brasileiros jogam de forma bem lenta, todos juntos com a bola, passes curtos e de repente, no último momento, arrancam rapidamente. E parece que é a essência", afirmou o treinador espanhol em entrevista após a vitória por 3 a 0 sobre o Urawa Red Diamonds na semifinal do Mundial de Clubes.

Guardiola reconheceu que ainda não teve a oportunidade de estudar profundamente o Fluminense, planejando fazê-lo a partir desta quarta-feira. A final entre Manchester City e Fluminense está marcada para sexta-feira, às 15h (horário de Brasília).

"É a escola brasileira. Jogam muito bem com a bola, se juntam muito, têm jogadores de muita qualidade: André, Ganso... Tenho uma vaga ideia. A partir de amanhã (quarta), vou me concentrar no Fluminense, para ver o que temos que fazer", disse Guardiola, ressaltando a qualidade dos jogadores do Fluminense.

O técnico do City conta com uma fonte privilegiada para entender as estratégias de Diniz: o goleiro Ederson, que atua sob o comando do treinador brasileiro na seleção. Guardiola acredita que Ederson pode fornecer informações valiosas para a preparação da final.

"Tenho aqui o Ederson, que vai me falar do Diniz, de suas ideias. Mas no fim são os jogadores que vão fazer a diferença", destacou o treinador.

Preocupado com o desgaste da equipe, Guardiola revelou que o plano até a final é focar em descanso para os jogadores e análise minuciosa do Fluminense pela comissão técnica.

"Nosso plano é dormir, dormir e dormir. Agora temos que descansar. Eles (Fluminense) tiveram um dia a mais (de intervalo para a final). Os jogadores sabem como é importante para o Manchester City (o título mundial). Para estar aqui é preciso fazer algo incrível, que é ganhar a Champions. Essa pode ser a única vez que a gente vai jogar uma final na vida. Amanhã (quarta) vou começar a assistir ao Fluminense para tentar ter uma boa performance (sexta-feira)", concluiu Guardiola.

Na saída do gramado após a semifinal, o treinador celebrou a paciência e o desempenho de sua equipe na vitória sobre o Urawa Red Diamonds, ressaltando o desejo de conquistar o título do Mundial de Clubes. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 18 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/