Campanha 'Varal Solidário' arrecada mais de mil peças de roupas

GeralFeira de Santana

Campanha 'Varal Solidário' arrecada mais de mil peças de roupas

Doações serão entregues para moradores de rua

Crédito: Mário Sepúlveda/FE

O inverno chegou e com ele as chuvas e as baixas temperaturas, o que para as pessoas em situação de rua é motivo para infortúnios que muitas vezes podem causar problemas que refletem inclusive, na saúde. E é de olho nisso que a Prefeitura de Feira de Santana lançou a campanha "Varal Solidário" para este inverno, ação na qual o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP) arrecadada roupas do vestuário feminino, masculino e infantil, especialmente agasalhos, calçados, cobertores e mantas.

Por conta do inverno, a divulgação da campanha se acentua no período que precede a chegada da estação mais fria do ano, mas segundo Agostinho Fróes da Mota, diretor do Departamento de Proteção Social do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), tanto as doações, quanto a distribuição, seguem durante todo o ano. "Este ano alcançamos um resultado bem satisfatório para esta campanha, mas o "Varal Solidário" funciona o ano inteiro, mesmo fora do período divulgado na campanha. O ano todo, durante todos os meses, fazemos esse trabalho de captação de agasalhos e de outras roupas do vestuário, também, e as distribuímos para a população em situação de rua", explica o diretor.

Ele ressalta que essa fase da campanha que visa arrecadar mais agasalhos e roupas de frio foi recebida muito positivamente pela população. "Juntamos uma quantidade considerável de doações, prova disso é que conseguimos juntar mais de mil peças de roupa. Todos os meses nós temos uma forte distribuição de doações, o ano inteiro. Não é algo específico dessa campanha, que é direcionada para os meses de junho e julho, que são meses mais frios. Intensificamos a campanha no período do inverno porque sabemos que no inverno o frio aumenta consideravelmente", pontua.

O público alvo dessa campanha são as pessoas em situação de rua, cidadãos que não dispõem de recursos para comprar roupas de frio e que, por viverem em uma situação de maior vulnerabilidade social, estão mais expostos às intempéries. A distribuição é feita na sede do Centro POP.

"As doações ficam em um varal no Centro POP, onde a população de rua é atendida. Lá é servida diariamente uma refeição matinal e eles têm acesso a diversos serviços, como emissão de segunda via de documentos, alguns benefícios eventuais de auxílio passagem para pessoas que estão em situação de rua em Feira de Santana, mas desejam retornar para seu município de origem onde, geralmente, a pessoa pode contar com o apoio de seus familiares e fortalecer seus vínculos", explica Agostinho.

Além dos serviços acima citados, o Centro POP também presta auxílio à saúde das pessoas em situação de rua. "Também prestamos serviços voltados ao cuidado com a saúde, com ações como o consultório de rua, proporcionando a vacinação daquelas pessoas que não possuem registro no SUS ou caderneta e vacinação, por exemplo", conta o diretor.

Para quem quiser contribuir, os itens podem ser entregues no Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP), localizado na Rua Juvêncio Erudilho, no Centro da cidade.
 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 18 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/