Comerciantes da Rua Papa João XXIII reclamam de prejuízos causados pela obra

GeralFeira de Santana

Comerciantes da Rua Papa João XXIII reclamam de prejuízos causados pela obra

Falta um direcionamento sobre o que está sendo feito e quando vão acabar os serviços 

Crédito: Mário Sepúlveda/FE
Donos de estabelecimentos comerciais na Rua Papa João XXIII, no bairro Tomba/Jardim Acácia em Feira de Santana, reclamam sobre os prejuízos causados pela obra de drenagem na via, realizada pela prefeitura de Feira de Santana. Segundo eles, falta um direcionamento sobre o que está sendo feito e quando vão acabar os serviços, já que existem dificuldades para o trânsito de carros e das pessoas. Isso gera pouca movimentação e consequentemente, de acordo com os comerciantes, o acúmulo de prejuízos.

"O comércio está péssimo, muita poeira, sem movimento porque não tem como cliente vir, carros não passam e quando passam é muita poeira, buraco, prejudica. Estamos todos desorientados, sem saber o que fazer para pagar as contas porque a conta não espera. Nenhum responsável teve contato com a gente. Não deram previsão de término da obra. A obra já dura cerca de 2 meses e cada dia está pior. O São João se aproxima e vai continuar a mesma coisa, até porque não tem como eles terminarem", reclama Nelma de Souza.

A empreendedora Meire Rios diz que falta direcionamento por parte do poder público e pede mais agilidade e soluções paliativas. "A nossa situação está muito complicada desde que começou essa obra, porque atrapalha tanto o pedestre que evita passar por aqui pela poeira e buracos, quantos os carros que precisam pegar outra via. Se você não tem o cliente, os lojistas ficam no prejuízo . Ninguém fala nada, tudo muito desorganizado. Muitos carros batendo na mureta de proteção que eles colocaram e ninguém toma providência", diz.

Getulio Barreto, proprietário de um material de construção salienta que o tráfego não estando liberado, não tem como melhorar as vendas "São muitos os motivos. Até agora não temos nenhuma posição sobre o prazo da obra , enquanto isso só prejuízo. A gente investe para ter um movimento melhor no São João, mas não temos a menor condição de revender nossa mercadoria".

Através de publicação no portal oficial, a Prefeitura diz que a recuperação da pavimentação de ruas e avenidas na zona urbana e rural de Feira de Santana têm sido intensificadas. "Estão sendo executados serviços de drenagem, patrolamento e tapa buraco em CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente). Contudo, há também problemas causados pelas chuvas, em algumas vias". 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 20 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/