Feira de Santana é o terceiro melhor município baiano no IGM-CFA 2022

GeralDimensão Finanças

Feira de Santana é o terceiro melhor município baiano no IGM-CFA 2022

Secretário Expedito Eloy recebeu o certificado

Crédito: Divulgação
Feira de Santana alcançou a terceira melhor nota, dentre todos os 417 municípios baianos, no índice Dimensão Finanças do IGM-CFA 2022, avaliado pelo Conselho Regional de Administração da Bahia. 

O resultado foi revelado no último dia 30, durante o VI Fórum de Gestão Pública, evento híbrido realizado online e presencialmente, no Hotel Mercure, em Salvador. O secretário da Fazenda, Expedito Eloy, recebeu o certificado, representando o prefeito Colbert Filho.

O Índice CFA de Governança Municipal (IGM-CFA) é baseado na análise de dados brutos chamados de Variáveis, cuja média serve de base para a criação dos Indicadores. O IGM-CFA auxilia gestores municipais a visualizar as necessidades e/ou boas práticas de sua região, permitindo priorizar as políticas públicas adequadas ao Município, além de promover o debate sobre a importância da Gestão Municipal Profissional, tendo em vista que o IGM-CFA obtém os resultados através de mais de 2,4 milhões de dados coletados, das mais diversas fontes oficiais brasileiras, tais como o IBGE, Perfil Munic, Datasus, Secretaria do Tesouro Nacional, Índice Firjan, entre outros.

Confira abaixo os 10 municípios com melhores notas na Bahia:

1º- São Félix do Coribe
2º- Salvador
3º- Feira de Santana
4º- Varzea Nova
5º- Tapiramutá
6º- Camaçari
7º- Juazeiro
8º- Lapão
9º- Maracás

10º- Mulungu do Morro 

Com informações da Secom/PMFS.

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 30 Janeiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/

Cron Job Iniciado