Feirense que participa do Domingão do Huck está acima da média entre crianças superdotadas

GeralDestaque na TV

Feirense que participa do Domingão do Huck está acima da média entre crianças superdotadas

A exibição e estreia na TV aconteceu no dia 30 de julho 

Crédito: Reprodução de vídeo

O feirense Orlando da Silva Daltro Neto, de 12 anos, é o primeiro participante baiano no quadro "Pequenos Gênios", do programa Domingão com Huck, da Rede Globo, que reúne crianças de todo o Brasil com altas habilidades em lógica, memorização, cálculos, soletração, entre outras. Ele participa da competição ao lado de mais duas crianças também com altas habilidades intelectuais, formando um trio, que concorre com outra equipe, para ver qual consegue acertar o maior número de questões, em diversas áreas. A exibição e estreia na TV aconteceu no dia 30 de julho e a próxima rodada da competição irá ao ar no dia 13 de agosto, na rede Globo.

Entre os "Pequenos Gênios", como são chamados os participantes, Orlando Neto está acima da média até entre os "superdotados" em sua maioria, que têm QI elevado (acima de 110), pois ele é um dos poucos seres humanos a atingirem QI de 132 na Escala Wechsler de Inteligência para Crianças. As maiores habilidades dele são nas áreas de conhecimento visuais e espaciais, além de matemática. Juliana Silva, mãe de Orlando, conta que ele começou a apresentar os primeiros sinais de alta habilidade aos 3 anos. Aos 4 anos, já sabia ler plenamente, dois anos antes do que é estipulado para a alfabetização infantil regular e que será transferido para uma escola voltada para superdotação. "Quando ele tinha 3 anos. Ele se encantava com os instrumentos, lia gibis e amava dinossauros de todas as espécies, sabia onde viviam o que comiam, tudo sobre animais. Orlando será direcionado a uma escola para crianças com superdotação. Ele estuda atualmente em uma escola privada e está no 7º ano", conta.

A progenitora diz ainda que a ideia de participar do quadro da emissora surgiu há 2 anos, Ele se inscreveu pela primeira vez para participar do quadro quando estreou, em 2020, mas só agora, na segunda edição, foi convocado. Além disso, destaca as principais características da personalidade do filho que transita entre diferentes áreas de interesse. "Quando ele tinha 08 anos e tinha muita facilidade em muitas matérias. Vale a pena destacar que Orlando é uma criança amável, adora MPB e programação".

O estudante diz que não ficou nervoso com a sua participação no quadro e a estreia na TV não o intimidou. Orlando conta ainda que, inclusive, fez muitos amigos entre os demais participantes e que os amigos de escola aclamaram a sua participação. O já planeja a área profissional de atuação. "Não me senti intimidado, pois tenho a mesma capacidade que elas. Não precisei me preparar Sim, fiz alguns amigos. A escola me recepcionou muito bem, muitos abraços e elogios. Meu sonho é estudar engenharia de computação no ITA".

Entretanto, nem tudo é fácil e inclusivo. De acordo com relato de Juliana Silva (mãe), em matéria publicada no portal notícias, G1, por ser tímido e introvertido, Orlando também enfrenta problemas de socialização na escola onde estuda. "Ele não tem amizades na escola, só quando está com os coleguinhas do programa que ele se solta. Quando estão juntos, parece um clã", diz a mãe.

Ainda na publicação, a responsável detalha que outro desafio enfrentado por Orlando com o dia a dia na sala de aula é a falta de atividades que atendam às necessidades específicas dele, já que muito do que é passado pelos professores, ele já sabe. "Alguns não entendem que a cabeça dele funciona de uma forma diferente".

Silva diz também que o estudante está em processo seletivo para a Associação Mensa Brasil, entidade que reúne pessoas com altas capacidades intelectuais no país. Atualmente, no estado, apenas 11 crianças fazem parte da associação. Para ingressar, é preciso comprovar o QI elevado através de diversos testes neuropsicólogos. Apesar de estudar assuntos de disciplinas avançadas, a mãe destaca que ele continua fazendo coisas referentes a idade dele e diz ainda que o menino curte jogos eletrônicos, gosta de futebol, torce pelo Corinthians e pelo Barcelona, e adora brincar com o irmão mais novo, de três anos.

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 18 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/