Morre professora Ana Angélica de Morais, uma das fundadoras da UEFS

GeralLuto

Morre professora Ana Angélica de Morais, uma das fundadoras da UEFS

Já aposentada da UEFS, contribuía com a educação como voluntária na UATI 

Crédito: Divulgação
Faleceu na última segunda-feira (17), a professora, Ana Angélica Vergne de Morais, vinculada ao Departamento de Letras e Artes da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Professora e mestra em Literatura e Cultura Brasileira, Ana Angélica de Morais foi professora fundadora da UEFS e ao longo da carreira foi também professora homenageada e nome de muitas turmas do curso de Letras e Artes da UEFS.

Além do ensino na sala de aula desenvolveu também várias atividades técnico-cientificas e de pesquisas na área da literatura. Dentre diferentes atividades desenvolvidas, ela foi diretora do Departamento de Letras e Artes e coordenadora do colegiado do mesmo curso na UEFS.

Autora de livros como: Entre a Palavra e a Experiência, Resgate da Memória Literária Baiana: trilhas na formação de uma identidade cultural e Conhecendo Feira de Santana: olhares sobre a cidade, a professora Ana Angélica Vergne de Morais era uma apaixonada pelas letras e pela literatura e também membro da Academia Feirense de Letras e da Academia de Educação de Feira de Santana.

Mesmo depois de formar muitos profissionais com qualidade em seus mais de 50 anos de docência a professora Ana Angélica, já aposentada da UEFS, contribuía com a educação como voluntária na Universidade Aberta da Terceira Idade (UATI/UEFS) e no Núcleo de Leitura Multimeios.

A vice-reitora da UEFS, Amali Mussi ressaltou a importância da professora para a UEFS e para a educação e as Letras. "É uma perda imensurável para a educação do nosso país, para as universidades públicas, para a causa da literatura e cultura brasileira, que representava com tanta expressividade. A professora Ana Angélica tem uma trajetória de luta e resistência pela educação pública popular e inclusiva e hoje é seu símbolo e inspiração", declarou.

O velório que acontece nesta terça-feira (18), a partir das 8h, no centro de velório Pax Bahia/Avenida Centenário- SIM. O sepultamento será no cemitério São Jorge - na Rua Bartolomeu de Gusmão - bairro Sobradinho, com saída do cortejo às 15h. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 20 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/