Justiça barra suspensão de plano de recuperação das Americanas

JustiçaLojas Americanas

Justiça barra suspensão de plano de recuperação das Americanas

 O recurso ainda será submetido para julgamento colegiado pelo Tribunal de Justiça

Divulgação/Americanas

O primeiro pedido de um credor das Americanas que tentava suspender o plano de recuperação foi negado pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.

Representada pelo Salomão Advogados e Basílio Advogados, a varejista teve seu plano aprovado por 97% dos credores em dezembro e, em fevereiro, a Justiça homologou os termos desse acordo.

É a primeira vez que a relatora do caso, a desembargadora Leila Santos Lopes, profere uma decisão favorável em relação ao plano de recuperação da companhia.

O credor, Nehemia Administração de Bens Próprios, reclamava que havia pontos ilegais no plano, algo rechaçado pela desembargadora. O recurso ainda será submetido para julgamento colegiado pelo Tribunal de Justiça. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 18 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/