Planserv inicia atendimento de beneficiários para biometria facial

MunicípiosAssitência médica

Planserv inicia atendimento de beneficiários para biometria facial

Cadastro pode ser feito em clínicas, laboratórios e hospitais e pelo aplicativo da assistência médica

Crédito: Feijão Almeida/GOVBA

O Planserv iniciou nesta sexta-feira (1) a implantação da biometria facial para beneficiários. Até então, o sistema utilizava a impressão digital. A medida visa garantir mais agilidade e segurança aos serviços ofertados em todo o estado. O cadastramento da imagem da face pode ser feito de duas formas: no aplicativo móvel do Planserv ou no prestador de saúde, no ato do atendimento. Durante todo o mês de dezembro, os usuários poderão realizar o cadastramento, que só passará a ser exigido a partir de janeiro de 2024.

Em 1º de janeiro, a biometria facial vai valer para atendimento em clínicas e laboratórios. Já os hospitais adotarão o procedimento para todos os atendimentos em 1° de fevereiro. A mesma data vale para os atendimentos de urgência e emergência. "Essas mudanças vieram a partir da construção do Estado em modernizar os serviços do Planserv. A gente tem hoje um aplicativo que dá a opção de ter os seus dados na mão, a utilização do Planserv e, principalmente, o cadastramento da face, mudando completamente a estrutura e a concepção da identificação dos nossos beneficiários", justificou a coordenadora-geral do Planserv, Socorro Brito.

Socorro explicou como o cadastramento pode ser feito pelo próprio usuário através do aparelho celular. "Basta baixar gratuitamente o aplicativo nas lojas do Android e iOS. O beneficiário vai se identificar e cadastrar os dados. A partir daí, ele vai ter a estrutura de informações sobre as autorizações, sobre o que utilizou na rede para confirmar se está tudo correto", detalhou a coordenadora.

Os prestadores de serviço estão sendo instruídos a auxiliar tanto as pessoas a usarem o aplicativo quanto a inserir também a impressão facial nas máquinas e nos computadores do Planserv no atendimento presencial. Os postos do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) também estão disponíveis para orientar as pessoas a usarem o aplicativo.

Serão isentos da biometria facial as crianças de zero a quatro anos. Aos pais e responsáveis de crianças de cinco a 12 anos que não possuem RG será concedido um prazo de seis meses para confecção (1º de dezembro de 2023 a 1º de junho de 2024) do documento e posterior cadastramento da biometria facial. Após esse período, será obrigatória a apresentação no momento do atendimento.

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 26 Fevereiro 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/