Falhas na saúde pública, prefeitura e estado acionam Ministério Público

Saúde e Bem EstarNegligência na Assistência

Falhas na saúde pública, prefeitura e estado acionam Ministério Público

Descaso com pacientes oncológicos gera ação conjunta para solucionar problemas 

Crédito: Reprodução - Sesab

A falta de responsabilidade da Prefeitura de Teixeira de Freitas em relação aos cuidados com pacientes oncológicos deixa uma região inteira em alerta. Diante do cancelamento de consultas, falta de medicamentos essenciais e encaminhamentos inadequados, a Sesab toma medidas legais, acionando o Ministério Público Estadual e a Comissão Intergestora Bipartite (CIB).

O caso de Maria dos Santos, de 67 anos, exemplifica a gravidade da situação. Sem acesso aos medicamentos necessários para dar continuidade ao seu tratamento, ela enfrenta um risco iminente de progressão da doença e morte, de acordo com laudo médico da própria Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) do município.

Apesar de pactos detalhados entre o município e o Estado sobre a transição dos serviços oncológicos, as falhas persistentes na implementação desses acordos pela prefeitura têm agravado a situação dos pacientes, exigindo uma intervenção urgente para restabelecer a assistência adequada e garantir o direito à saúde dos cidadãos da região.

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 14 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/