Hospitais registram mais de 62% de queda nos atendimentos durante São João

Saúde e Bem EstarBahia

Hospitais registram mais de 62% de queda nos atendimentos durante São João

Números correspondem aos dias sexta, 23 e sábado, 24 

Crédito: Leonardo Rattes/SAÚDE GOVBA
Baianos e turistas têm atendido ao chamado do Governo da Bahia e curtido o São João com prudência. É isso que mostram os números de atendimentos realizados nas unidades de saúde da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab). No período entre sexta-feira (23) e sábado (24), alguns dos principais hospitais referência para o acolhimento de queimados registraram uma queda de mais de 62% no número de ocorrências provenientes da festa.

São unidades como o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus (HRSAJ) e o Hospital Regional de Juazeiro, que funcionam com equipes reforçadas durante o São João para garantir a assistência em caso de necessidade. No Hospital Regional de Juazeiro, no São João de 2022, no período de 23 a 24 de junho, foram registradas 8 ocorrências. Já em 2023, no mesmo período, o número caiu para três ocorrências, representando uma queda de mais de 62% no número de vítimas de queimaduras provenientes dos festejos juninos. Situação similar a registrada no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus. Enquanto a unidade atendeu 12 ocorrências no período de 23 e 24 de junho de 2022, em 2023, o número caiu para 7 ocorrências, representando uma queda de mais de 41% no número de atendimentos motivados por queimaduras.

No Hospital Geral do Estado, no entanto, a realidade foi diferente. A unidade referência para o tratamento de queimados apresentou um aumento no número de ocorrências, saindo de 23 atendimentos no período em 2022 para 39 em 2023. Somente no HGE, são cerca de 200 profissionais atuando para oferecer tratamento especializado à população. Funcionando 24 horas por dia, o Centro de Tratamento de Queimados dispõe de 32 leitos distribuídos nas alas pediátrica e adulto. São leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e de enfermaria prontos para dar a assistência necessária ao paciente que sofre algum tipo de queimadura. No Hospital Regional de Irecê, entre os dias 23 e 24 de junho desse ano, nenhum paciente foi atendido vítima de queimadura por fogos de artifício. A unidade não possui dados referente ao período do ano anterior.

Para a secretária da Saúde, Roberta Santana, os números mostram a importância dos esforços do Governo da Bahia para reforçar a assistência nas cidades com maior circulação de pessoas. "Ficamos muito felizes em saber que estamos tendo um São João de paz, com redução no número de atendimentos nos hospitais de vítimas com queimaduras. As pessoas estão se cuidando e o Governo da Bahia, através da Secretaria da Saúde do Estado, tem proporcionado toda a estrutura necessária para que as unidades referência funcionem de forma plena e resolutiva", analisa.

Mais de 8 mil testes realizados

O cuidado com a saúde também tem refletido nos números registrados nos postos de testagem rápida para detecção de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) montados pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) para o período. As unidades estão instaladas em Amargosa, Ibicuí, Cachoeira, Irecê, Salvador, Santo Antônio de Jesus e Senhor do Bonfim. Somente nos três primeiros dias de festa, mais de 8 mil testes rápidos para detecção de HIV, Sífilis e Hepatites virais foram feitos nos postos de testagem instalados nas principais cidades baianas. Com um investimento do Governo da Bahia superior a R$ 3 milhões, os estandes vão funcionar durante todo o festejo, contando com equipes multidisciplinares formadas por assistente social, enfermeiras, farmacêuticos, psicólogos, médicos, biomédicos, fisioterapeutas, sanitaristas, motoristas e assistente administrativo.

Somente no último sábado (24), 3.332 testes foram realizados, com 5 testes positivo para HIV, 22 positivos para Sífilis, além de 01 positivado para Hepatite C e 01 para Hepatite B. Ao longo dos três dias de festa, foram detectados 13 casos positivos para HIV, outros 97 positivados para Sífilis, 5 positivos para Hepatite C. Além dos postos de testagem, a Sesab montou em Salvador três módulos de saúde para assistência, um no Pelourinho, um em Paripe e outro no Parque de Exposições. Entre sexta-feira e a manhã deste domingo (25), foram 316 ocorrências no total, sendo 69 solicitações no Pelourinho, 224 no Parque de Exposições e 23 em Paripe.

"O Governo da Bahia e a Secretaria da Saúde do Estado não medem esforços para levar a saúde para quem mais precisa. Nos últimos anos, a Bahia registrou um aumento no número de casos de Sífilis e Hepatites B e C, o que nos alertou sobre a necessidade de uma ação mais incisiva para conter o crescimento das infecções no estado. Então, determinamos a realização das testagens em massa no Carnaval de Salvador, Porto Seguro e na Micareta de Feira de Santana e tivemos resultados muito expressivos. E no São João não está sendo diferente, a turma tem atendido ao chamado e comparecido aos postos de testagem", comemora Santana.

Resultado em 20 minutos

Os resultados saem em cerca de 20 minutos e são entregues de forma individual, como explica a coordenadora de Doenças e Agravos Transmissíveis da Sesab, Eleuzina Falcão. "Positivo ou negativo, esse resultado é entregue por um profissional treinado que realiza toda a orientação necessária sobre um possível tratamento ou estratégias de prevenção para se manter livre das ISTs. Não é um trabalho só de testagem, é testagem e orientação sobre vacinas, preservativos, profilaxia pré e pós exposição de uma situação de sexo desprotegido. Enfim, que ela tem um conjunto de métodos que ela pode ter acesso para ter uma vida sexual mais segura", afirma.

Distribuição de preservativos

Como forma de conscientizar a população sobre a importância do sexo seguro, a Sesab, em parceria com a Superintendência de Fomento ao Turismo (Sufotur), distribuirá mais de um milhão de preservativos masculinos e femininos em Salvador, Cachoeira, Amargosa, Irecê, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim e Ibicuí, em pontos de grande circulação, entre os dias 22 de junho e 2 de julho, além de panfletos com informações sobre prevenção e orientação. Nos três primeiros dias de festa, mais de 540 mil unidades já foram entregues, sendo mais de 500 mil nas ações nos municípios e quase 40 mil nos postos de testagem. A ação pretende alertar baianos e turistas sobre a importância da prevenção contra infecções sexualmente transmissíveis e a prática do sexo seguro. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 22 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/