Prefeitura realiza maior mutirão de pediatria do ano com quase 300 atendimentos

Saúde e Bem Estarmutirão de pediatria

Prefeitura realiza maior mutirão de pediatria do ano com quase 300 atendimentos

Durante o mutirão, as crianças puderam participar de diversas brincadeiras e receberam brindes enquanto aguardavam o atendimento 

FOTO: Victoria Seixas

A Prefeitura de Feira de Santana realizou no ultimo sábado (8) o terceiro Mutirão de Pediatria do ano, considerado o maior até agora. O evento realizado pela Fundação Hospitalar - autarquia do Governo Municipal - ocorreu no ambulatório do Hospital Inácia Pinto dos Santos (Hospital da Mulher) e atendeu mais de 250 crianças, oferecendo diversas especialidades pediátricas e exames complementares.

Marta Cerqueira aproveitou a oportunidade para levar seus dois sobrinhos para o mutirão e ressaltou a importância dessa iniciativa.

"Esses mutirões são importantes. Conseguimos trazer os meninos para o pediatra e o cirurgião. Facilita mais para a gente. Fomos agendar a consulta para eles semana passada e hoje nós conseguimos", relata.

O mutirão teve como objetivo atender a demanda reprimida da Central Municipal de Regulação e foi considerado um sucesso pela diretora-presidente da Fundação Hospitalar, Gilberte Lucas.

"Fizemos o mutirão de atendimento pediátrico e conseguimos atender uma demanda reprimida vinda da Central Municipal de Regulação e marcações que foram realizadas aqui no ambulatório. Foi a maior edição já realizada. Com certeza realizaremos mais mutirões como esse no decorrer do ano," anunciou.

Durante o mutirão, as crianças puderam participar de diversas brincadeiras e receberam brindes enquanto aguardavam o atendimento. José Ribeiro levou seu filho Arthur e elogiou a organização do evento.

"Trouxe meu filho para consulta com o pediatra e o atendimento foi maravilhoso. As crianças amaram e se divertiram bastante no pula-pula enquanto aguardávamos o atendimento," relatou José.

O médico infectologista pediátrico da unidade, Igo Araújo, destacou a importância da especialidade sendo ofertada no mutirão.

"Sabemos que não é uma especialidade tão comum. Até onde sei, somos apenas oito na Bahia e dois somente aqui em Feira de Santana. Muitas vezes não conseguimos dar conta de todos os pacientes que têm algum quadro de infecção que o pediatra encaminha ou que nascem com alguma infecção materna. Nós entramos nesses casos ajudando essas mamães," explicou Igo.

O mutirão também proporcionou encaminhamentos para outras especialidades e a realização de exames, como ultrassons, garantindo um atendimento completo e eficaz para as crianças. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 13 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/