Fernanda Montenegro aciona Justiça após ser dada como morta pelo INSS

TV e FamososSaiba Mais

Fernanda Montenegro aciona Justiça após ser dada como morta pelo INSS

Atriz tenta provar ao instituto e pede indenização 

Foto: Globo/Reprodução

Fernanda Montenegro foi dada como morte pelo Instituto Nacional do Seguro Social (Inss) em 2019 e até hoje trava uma batalha na Justiça para provar que não morreu.

Com isso, eles decretaram que a artista não estaria mais entre nós, deixando de pagar os benefícios que a atriz tem direito. A saber, a informação, compartilhada pelo jornalista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, ainda detalha que Fernanda deveria ter recebido corretamente a aposentadoria ainda em 2022, deixada pelo marido, Fernando Torres.

Assim, a suspensão dos pagamentos de Fernanda pelos trabalhos feitos em 2019 ocorreu sem aviso prévio ou justificativa. Em 2020, com o fechamento das agências bancárias durante a pandemia, a beneficiária não recebeu nenhum valor. Além disso, Fernanda ainda descobriu que seu benefício estava sendo sacado por outra pessoa, pois seus dados para acesso ao sistema virtual do Inss tinham sido alterados. Ao tentar regularizar com o e-mail, ela entendeu que se tratava de uma fraude.

Sem conseguir realizar ajustes com o Inss, ela recorreu à Justiça. Após mais de um ano, Montenegro conseguiu vencer o processo e o instituto foi condenado a pagar os valores retroativos, ultrapassando a casa dos R$ 334 mil. Além disso, o Inss também teve de pagar R$ 10 mil por danos morais.

No entanto, mesmo com todo o processo na Justiça e condenação, o Inss ainda não pagou nada e Fernanda segue sem receber nenhum valor.

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 24 Mai 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/