Victor e Leo são rejeitados por produções e ficam sem espaço para se apresentar na TV aberta

TV e FamososRejeição

Victor e Leo são rejeitados por produções e ficam sem espaço para se apresentar na TV aberta

As produções de programas da Globo, do SBT e da Record vêm se recusando a tê-los como atração 

Crédito: Reprodução

A dupla sertaneja Victor e Leo, que começou no último dia 20 de janeiro uma turnê de retorno após seis anos afastada dos palcos, está com dificuldades para fazer aparições na TV aberta.

A ideia era se apresentar em programas de auditório para divulgar os shows pelo Brasil, especialmente em grandes metrópoles onde ainda há ingressos disponíveis, mas as produções de programas da Globo, do SBT e da Record vêm se recusando a tê-los como atração.

Se antes as portas das emissoras estavam abertas, agora elas entendem que ter a dupla no palco geraria mais rejeição que aceitação por parte do público, o que poderia trazer uma repercussão ruim com parte da audiência.

Oficialmente, a assessoria da dupla afirma que eles é que não tiveram espaço na agenda para atender aos pedidos das emissoras. Segundo a equipe, Victor e Leo estão em fase de ensaios de um novo DVD e só depois é que planejam tentar espaço para mostrar o novo trabalho em programas de TV.

No entanto, a reportagem apurou que a equipe da dupla tentou, sim, negociar algumas participações até o fim deste ano. O principal motivo da recusa é a lembrança do caso de violência doméstica que envolve Victor Chaves. Ele responde a processo na Justiça por violência doméstica contra sua ex-mulher, Poliana Bagatini.

Em 2017, Poliana afirmou que foi chutada, jogada ao chão e agredida psicologicamente por Victor. Na época, ela estava grávida do segundo filho do casal.

Em 2020, o cantor foi condenado em primeira instância a cumprir 18 dias de prisão em regime aberto e a pagar uma indenização de R$ 20 mil por danos morais. Ele recorreu da decisão, mas o recurso ainda não foi julgado.

À Folha de S.Paulo, em 2020, o cantor negou as acusações e disse que, na verdade, tentou conter a ex-mulher, que estaria descontrolada emocionalmente após uma discussão com a mãe e a irmã dele. Ainda segundo ele, imagens de um vídeo de segurança que comprovariam as agressões foram tiradas de contexto. "Utilizaram os fatos com leituras sensacionalistas", afirmou na ocasião.

Quando o caso veio à tona, Victor foi afastado pela Globo do reality show musical The Voice Kids (2016-2023), do qual era jurado junto com o irmão, antes do final da temporada. Nos anos seguintes, nem ele nem Leo voltaram ao programa. Logo depois, os dois anunciaram que seguiriam caminhos separados.

No ano passado, para anunciar o retorno da dupla, a empresa Opus Entretenimento, que faz a produção de marketing de algumas apresentações da turnê de retorno, pagou por um intervalo de 60 segundos no primeiro intervalo do Fantástico, da Globo.

O espaço é considerado um dos mais nobres da emissora e custa quase R$ 1 milhão, segundo a tabela disponível no site comercial da Globo. O pagamento causou polêmica e mal-estar dentro da emissora.

A reportagem procurou a Opus Entretenimento, que diz não gerenciar agenda e carreira de Victor e Leo diretamente. 

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 20 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/