Com novidades, Meia Maratona de Feira União Médica é lançada

Blog da CorridaSaiba tudo

Com novidades, Meia Maratona de Feira União Médica é lançada

A prova será no dia 7 de maio e foi apresentada no Oriente CinePlace no Boulevard Shopping

Crédito: Erick Jhon Silva dos Santos
Com inscrições abertas desde novembro de 2022, a RG+ reuniu nesta quarta-feira (25) assessorias de corrida, personal trainers, autoridades, Federação Bahiana de Atletismo (FBA) e parceiros, para o lançamento da Meia Maratona de Feira União Médica 2023, quando foram anunciadas novidades para a prova esta, que será a 5ª edição do evento, com percursos de 21K (prova oficial), 10K e 5K. O evento aconteceu no Orient Cineplace, no Boulevard Shopping. A inscrição pode ser feita a partir do site. A prova será no dia 7 de maio, com início previsto para 6h30.

Uma das novidades apresentadas é o valor total da premiação, que supera R$ 12 mil. Além disso, também haverá premiação em troféu aos três primeiros colocados em cada faixa-etária (masculino e feminino) e troféu mais premiação em dinheiro aos cinco primeiros no geral, para a prova oficial de 21K (masculino e feminino). Para a prova de 10K e 5K haverá entrega de troféus e brindes na categoria geral para os primeiros cinco colocados masculino e feminino, sem premiação por faixa-etária. A prova contará com mais pontos de hidratação durante o percurso e o Recovery Point, no KM 12.

A prova de 2023 contará com a inédita participação do corredor conhecido como PACER, como anunciado pelo diretor da RG+ Ricardo Cedraz. O participante deve estar inscrito na prova e será balizador do tempo para os outros corredores, servindo de parâmetro para os atletas. O objetivo da participação do PACER é dar mais dinâmica a prova e reduzir os tempos dos percursos. O PACER também será importante para a definição do TOP 50, corredores que receberão medalha especial da corrida, além da medalha de participação. Outra mudança celebrada durante o evento foi a mudança de marca da Meia Maratona de Feira União Médica, mais moderna, em tons de azul e com destaque para o número 21, que é a extensão da prova oficial. O tema escolhido é "Paixão que te move". A organização da prova espera um público de 1.500 corredores.

Diretora da RG+, Margareth Cedraz disse que a prova busca valorizar Feira de Santana enquanto cidade, passando pelas principais avenidas (toda extensão da Getúlio Vargas e maior parte da Noide Cerqueira), com também ressaltar os símbolos históricos. Para a edição de 2023, a camisa oficial da corrida traz na estampa a Caixa D'Água do bairro Tomba, um dos ícones da cidade. "A Meia Maratona União Médica fomenta a economia na cidade. Nós temos uma ocupação no final de semana da rede hoteleira, de movimento em bares, restaurantes, lanchonetes, no comércio local. Então isso também nos orgulha muito. A nossa cadeia produtiva para realizar a meia maratona tem uma mão de obra de mais 200 pessoas envolvidas direta ou indiretamente no período. Nós entendemos que fazer esse evento esportivo é poder dizer que Feira de Santana não é apenas a cidade do comércio forte. Ela hoje é a cidade das principais corridas na Bahia", comentou.

Ana Cristina Santos Pedreira, diretora administrativa da União Médica, comentou que a parceria significa como a operadora de assistência médica está de forma direta envolvida e preocupada com a saúde. "Sabemos que traz saúde, qualidade de vida e a União Médica está sempre apoiando eventos que tem esse cuidado e esse olhar diferente para a população de Feira de Santana", disse a gestora.

O vice-presidente e árbitro da Federação Bahiana de Atletismo (FBA) e também ex-atleta, Antônio Carlos Rocha explicou que uma prova de 21K requer um treinamento específico para um melhor desempenho. "O atleta tem que se cuidar, fazer exames médicos anualmente, ter um bom profissional para orientá-lo, isso que é o importante e ele ter o planejamento ideal para a prova que ele vai fazer, isso é importantíssimo, isso eu aprendi há muitos anos. Então, às vezes, o atleta sai muito forte, chega lá adiante, ele não consegue fechar com tempo bom. Isso é que é importante pra ele. E ter uma boa alimentação", explicou.

Quem está nos preparativos para a corrida é o recordista da prova de 21K, Givaldo Araújo Sena, que é natural de Irará e em 2022 completou a prova com tempo de 1h06min52seg. Segundo o atleta, a rotina de treinamentos envolve 100 quilômetros por semana, com treinos pela manhã e a tarde, de 18 quilômetros e 10 quilômetros, por dia, respectivamente. "São treinos exaustivos, que a gente treina, está cansado mas tem que treinar de novo. A vida do atleta de elite é isso", disse Sena, que é membro da equipe Tartarugas do Asfalto, e conquistou o quinto lugar na Maratona de Curitiba e terceiro lugar na Maratona de Salvador, ambas provas em 2022. Há cinco anos ele reside em Feira de Santana.

O secretário municipal de Esporte, Cultura e Lazer, Jairo Carneiro Filho comentou que o poder público é um ente importante na promoção da prova. "Temos a Superintendência Municipal de Trânsito a qual realmente é imprescindível para que eventos dessa magnitude aconteça, então realmente nós temos uma uma ação também no âmbito de um suporte com relação a parte logística, enfim toda essa questão também de comunicação a gente faz juntamente com a RG+ para estar fomentando e fortalecendo o projeto em nossa cidade", disse Filho.

Ainda durante o evento, autoridades municipais, estaduais, Federação e União Médica, foram homenageados pela RG+ pela contribuição ao esporte. Eles foram reconhecidos com troféus. Durante a ação, Humberto Cedraz Filho destacou o importante apoio do poder público, tanto na esfera municipal, com as mais diversas secretarias e principalmente o SMT, quanto na estadual, com por exemplo, o programa Faz Atleta, do governo do estado e o apoio da Polícia Militar.

Crédito: Erick Jhon Silva dos Santos

SOCIAL

Nesta edição da Meia Maratona de Feira União Médica há duas ações voltadas para social. Ao entregar um par de tênis, o doador recebe um voucher para usar na Casa Esportiva, que é parceiro do evento. Os pares serão doados para Escola de Futebol do Flamengo de Feira. Também há um percentual das inscrições com gratuidade para pessoas de baixa renda e gratuidade para todos os inscritos Portadores de Necessidades Especiais (PNEs).

"Catadores de reciclados participam da prova, são pagos por isso e levam os reciclados para comercialização, ao final de toda a prova, nós deixamos o percurso completamente limpo, deixar a cidade limpa e liberar o trânsito", lembrou Margareth Cedraz. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 24 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/