Debate entre Câmara e Prefeitura não pode prejudicar população

Em Busca da RazãoFeira de Santana

Debate entre Câmara e Prefeitura não pode prejudicar população

EDITORIAL DA SEMANA

Crédito: Carlos Augusto/Jornal Grande Bahia

O salutar debate entre a Câmara Municipal e a Prefeitura de Feira de Santana não pode atingir proporções que venham prejudicar a população feirense. A advertência é do presidente da Associação Comercial, Genildo Melo, ao agradecer a oportunidade do Jornal O Metropolitano - Em busca da razão - estar promovendo a discussão sobre esta e muitas outras questões de interesse da coletividade.

Genildo Melo observa a importância de representantes de entidades de classe da sociedade feirense estarem
debatendo questões para o desenvolvimento de Feira de Santana. Com relação a polêmica envolvendo os poderes Executivo e Legislativo municipais, Genildo Melo acompanha atentamente. 

Para ele, o embate entre a Câmara e a Prefeitura não é visto como briga mas sim como posições antagônicas, boas para a democracia. "O que não pode é deixar que os debates venham perdurar para prejudicar a população, que é o que já está acontecendo", alertou. Já existe movimentos das classes organizadas e tem que ser respeitada e preservada a autonomia entre os poderes. "Exige urgentemente entendimento para que a coletividade não venha a ser prejudicada pois já estão existindo problemas na área de saúde por causa deste embate".
 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 20 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/