Ponto e Vírgula 04/12/2021

Ponto e Vírgula 04/12/2021

Sobe - Campanha dezembro vermelho, pela conscientização acerca da prevenção de HIV, AIDS e doenças sexualmente transmissíveis.

Desce - Futebol baiano, que em 2021 fracassou com seus clubes em todas as divisões do campeonato brasileiro.

Julgamento

Acontecerá na próxima segunda-feira (6), às 14h30, o julgamento por parte do Tribunal Regional Eleitoral do recurso impetrado pela coligação A Mudança que Feira Quer, que tinha como candidato a prefeito de Feira de Santana, o deputado federal Zé Neto (PT), contra o prefeito Colbert Martins (MDB), quanto a alegação de distribuição de cestas básicas, uso indevido de meio de comunicação, abuso de poder econômico, realização de comício-showmício. O desembargador Eleitoral Freddy Carvalho Pitta Lima será o responsável pelo julgamento.

Querem Gualberto

Antes do evento em que ACM Neto (DEM) lançou sua pré-candidatura ao governo, o PSDB baiano se reuniu e decidiu, por unanimidade, que apoiará a campanha do democrata ao Palácio de Ondina, mas lutará para emplacar o empresário e prefeito de Mata de São João, João Gualberto, para a vice ou o Senado em sua chapa. Participaram do encontro os deputados estaduais Paulo Câmara, Carlos Geilson e Tiago Correia, os vereadores em Salvador Téo Sena, Daniel Alves e Cristiane Correia, o deputado federal e presidente estadual Adolfo Viana, além dos ex-deputados João Almeida e Jutahy Magalhães Jr., de prefeitos, vice-prefeitos e lideranças municipais tucanas. (Metro1).

Juntos

Apesar de destacar a importância do ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Carvalho, na construção da candidatura, o pré-candidato ao governo do Estado, ACM Neto, ainda não definiu qual será o espaço do ex-gestor feirense na chapa. "Tem sido um dos caras mais importantes na nossa construção. José Ronaldo está comigo quase que diariamente e esteve comigo em todas as viagens ao interior", afirmou.

Subiu o tom

O governador Rui Costa voltou a subir o tom contra o presidente Jair Bolsonaro ontem (3), durante entrega da ponte que liga os municípios de Barra e Xique-Xique, na região do Rio São Francisco. Segundo Rui, diferente do governo federal, a Bahia segue investindo e "arrumando a casa" com obras por todo o estado. Rui disse ainda que Bolsonaro não entregou "nenhuma obra grande na Bahia".

Vice de Roma

Determinado a ajudar o bolsonarismo na Bahia, o PL já trabalha com a ideia de apresentar o nome da advogada Kátia Bacelar como candidata a vice numa eventual chapa de João Roma (Republicanos) ao governo. Kátia é irmã do deputado federal Jonga Bacelar, que se tornou uma espécie de cacique extra-oficial da legenda na Bahia desde a filiação à sigla do presidente Jair Bolsonaro, cujos filhos se tornou muito próximo.

Comprovante

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), orientou os prefeitos que exijam a apresentação do comprovante de vacina contra o Coronavírus para atendimento em órgãos estaduais. Na opinião do gestor estadual, caso os servidores não apresentem a comprovação não deverão continuar trabalhando.

Consciência evangélica

Oração, louvor, testemunho de vida e muita fé. Foi neste clima de reverência a Deus que a Câmara Municipal de Feira de Santana celebrou, na noite de quarta-feira (1), o Dia da Consciência Evangélica. Reunindo lideranças políticas e religiosas, a Sessão Solene destacou a importância da igreja para a humanidade. A iniciativa foi do vereador Pastor Valdemir, que também conduziu os trabalhos.

Intolerância

Vozes representando os mais diversos segmentos da população se uniram em um discurso único, na noite da última quinta-feira (2), em defesa do combate à intolerância religiosa, em todos os níveis. Respeito foi a palavra de ordem na Sessão Solene da Câmara Municipal, por iniciativa do mandato do vereador Jhonatas Monteiro (PSOL), em parceria com o Comitê Interreligioso e das Liberdades Laicas de Feira de Santana (COINTER), para celebrar o Dia Municipal de Combate à Intolerância Religiosa.

PP

O deputado federal Cacá Leão (PP) disse que a independência e posicionamento do PP na Bahia pode ter influenciado para a desistência de Bolsonaro em se filiar ao partido. Na avaliação do parlamentar, líder do PP na Câmara dos Deputados, outros motivos maiores pesaram, mas as questões políticas locais ajudaram na decisão do chefe do Executivo, que se filiou ao PL na última terça-feira (30).
 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 25 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/